Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Restrição de veículos pesados entrará em vigor até final de maio na avenida Djalma Batista

Manaustrans pretende expandir a Zona de restrição a veículos pesados para as avenidas Djalma Batista e Mário Ypiranga Monteiro até o final do mês de maio

A avenida Djalma Batista será a próxima a ter o trânsito de veículos pesados restringido

A avenida Djalma Batista será a próxima a ter o trânsito de veículos pesados restringido (Euzivaldo Queiroz )

A restrição de veículos pesados, que há duas semanas começou a vigorar na avenida Constantino Nery, vai avançar para a avenida Djalma Batista até o final do mês.

Segundo o diretor-presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), o órgão está se reunindo com as empresas localizadas ao longo da avenida e que utilizam veículos de grande porte para transportar mercadoria para que façam as adequações.

Ainda segundo Paulo Henrique Martins, após a Djalma Batista, a próxima avenida a ter a circulação de veículos pesados restringida será a Mário Ypiranga Monteiro. “Nós não queremos atrapalhar a economia da cidade, mas é preciso realizar essas mudanças e oferecer um trânsito seguro para todos”, disse Martins.

De acordo com o Manaustrans, na Constantino Nery, o número de autuações diminuiu consideravelmente. Ontem, apenas um caminhão foi flagrado trafegando em horário proibido. No primeiro dia de restrição, oito veículos foram multados, enquanto no segundo dia o número de autuações subiu para 12.

Vetados

Estão proibidos de circular, no período das 6h às 9h e das 17h às 20h, os veículos com Peso Bruto Total (PBT) acima de oito toneladas. Veículos com PBT acima de 16 toneladas também não poderão circular entre 9h e 17h. As dimensões máximas permitidas são comprimento de 18,60 metros; altura de 4,40 metros e largura de 2,60 metros. Os caminhões de maior porte estão sendo orientados a trafegar nos horários de 20h às 6h.

Os condutores de caminhões que insistirem em circular nos horários proibidos estarão cometendo infração média, com multa de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na CNH, além de ter os veículos apreendidos e encostados na via, esperando o horário apropriado para continuarem a trafegar.

Para a condutora Elisa de Aquino Lira, 38, a avenida Constantino Nery está muito melhor sem a presença dos caminhões. “O risco de acidente era enorme, pois além de serem veículos grandes, eles andavam em alta velocidade”, disse a motorista.

Elisa diz ainda que essa iniciativa deve ser levada para outras ruas e, assim, garantir a segurança da população.