Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Secretário de Estado de Cultura lança guia turístico intitulado ‘Manaus na palma da mão’

Robério Braga lança obra que promete atender a necessidade não só dos turistas estrangeiros, que aportam em Manaus para a Copa do Mundo, como também do professor e estudante manauara

Teatro lírico de Manaus foi eleito um dos mais belos do mundo

Locais como o Teatro Amazonas, um dos símbolos de Manaus, são apresentados em linguagem fácil e atraente no Guia escrito por Robério Braga (Euzivaldo Queiroz)

O turista que visitar a cidade terá a partir da próxima terça-feira “Manaus na palma da mão”. O guia turístico escrito pelo Secretario de Estado de Cultura, Robério Braga, detalha aspectos históricos da cidade e oferece ao visitante de todas as idades opções de lazer para qualquer hora do dia. A obra tem o selo da Editora da Amazônia, empresa da Rede Calderaro de Comunicação (RCC).

De acordo com Robério Braga, o guia é o que Manaus precisava, pois de forma simples e prática o turista irá encontrar desde a história dos monumentos, o que comer no Centro da cidade, quais os passeios ideais para cada horário do dia e o que fazer em uma visita de dois dias a Manaus.

Elaborado em uma linguagem coloquial, o livro Manaus na palma da mão faz com que o leitor sinta-se em casa, rodeado de águas e florestas e com novos amigos prontos pra receber. Além da linguagem simples o leitor encontrará mapas que mostram a cidade por áreas com indicação dos itens referenciados no guia, inclusive mapa do Centro Antigo e outro do Sítio Histórico, onde está a maior quantidade das principais atrações urbanas de Manaus.

Multiuso

Para Robério Braga o guia atende a necessidade não só dos turistas estrangeiros como também do professor e estudante, pois apresenta aspectos históricos importantes sobre a cidade como o Relógio Municipal, na avenida Eduardo Ribeiro, edificado na entrada principal da cidade para quem chegar por via fluvial, o relógio está posto sobre coluna em pedra e alvenaria de tijolo, mandada fazer pelo prefeito José Francisco de Araújo Lima.

Na sua base existe um pequeno hall com quatro portas que se abrem para todos os lados. A obra considerada moderna para a época, com torre de oito metros e compartimento apropriado para exposição permanente de madeiras, sementes e artigos amazonenses.

Robério Braga explica que boa parte do guia foi escrito durante as férias e é fruto da experiência e pesquisas realizadas ao longo da trajetória de alguns anos de trabalho. “Trabalhei durante quatro meses e o resultado é um guia escrito com sentimento de quem gosta e conhece Manaus”, disse Robério Braga.

Ilustrado com imagens do fotógrafo Roumen Koynov, o guia facilita o reconhecimento do lugar, prédio e acervos disponíveis para conhecimento do visitante, suprindo em alguns lugares a sinalização turística nas vias públicas.