Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Supermercados devem fazer promoção relâmpago de bebidas e carnes em Manaus

A demanda por esses produtos cresceu bastante, sobretudo na véspera e nos dias de jogos da Copa do Mundo. Comerciantes esperam o dobro do movimento nesta terça (17)

As bebidas (refrigerantes e cervejas em lata) estão tendo boa saída, correspondendo à expectativa gerada pela Copa

As bebidas (refrigerantes e cervejas em lata) estão tendo boa saída, correspondendo à expectativa gerada pela Copa (Érica Melo)

A exemplo da boa movimentação de clientes na véspera e no dia do primeiro jogo do Brasil, na última semana, os comerciantes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais do ramo alimentício esperam que a procura de última hora por itens como cerveja e carnes para churrasco dobre o fluxo de clientes nas lojas, até as 14h desta terça-feira (17). A expectativa é de que a euforia para torcer pela Seleção eleve as vendas em pelo menos 20% em relação a dias comuns.

No frigorífico Vitello, os preços já estão mais baixos desde o início do mês. O quilo de carnes como maminha e picanha temperada, duas das preferidas para os apreciadores de um bom churrasco, podem ser encontradas por R$ 22 e R$ 30, respectivamente. Já a tradicional linguiça de frango está sendo vendida por R$ 11,25, o quilo, enquanto bandejas com pães de alho custam R$ 7,25.

A aposta da gerente da loja, Elza Nascimento, é de que a movimentação do primeiro jogo, quando o estabelecimento recebeu aproximadamente 20 mil clientes, seja superada. “Em dias normais, o fluxo chega a 10 mil clientes. Amanhã (hoje), acredito que vamos ultrapassar o número do primeiro jogo, porque como o início é mais cedo, a tendência é de uma procura concentrada horas antes da partida”, projetou.

Cerveja barata

As tradicionais marcas de cerveja – Kaiser, Brahma e Skol, desde ontem, estavam dispostas nas prateleiras de alguns supermercados da cidade com preços de oferta. No Carrefour do bairro de Flores, por exemplo, uma lata de 350 mililitros de Brahma estava com o preço fixado em R$ 1,65 (R$ 19,79, a caixa com 12 unidades). A lata da Kaiser, por sua vez, estava saindo por R$ 1,42 (R$ 17,04, a caixa).

Segundo um funcionário que preferiu não se identificar, os preços devem cair ainda mais horas antes do início do jogo. “O preço de uma caixinha de cerveja pode baixar até R$ 13, amanhã”, detalhou.

No supermercado Veneza, no Parque 10, zona Centro-Sul, os preços da bebida encontrados foram semelhantes. Um dos gerentes do estabelecimento, Otávio Marinho, confirmou a cerveja e a carne como os protagonistas das vendas em dias de jogos.

Para ele, a “corrida” às prateleiras do supermercado que no dia do primeiro jogo da seleção começou por volta das 12h, deve ter início mais cedo, hoje, por volta das 10h. “Se no primeiro jogo tivemos um aumento de 20% no número de clientes e no faturamento, amanhã deveremos superar esse índice”, adiantou.