Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Serviços dos Correios deixam clientes amazonenses insatisfeitos

Quem precisa do serviço Sedex ou Correios, em Manaus, reclama de atrasos, extravios e até entrega em endereço errado

Pregão eletrônico permitirá o rastreamento das encomendas entregues pelos carteiros

Para atender aos clientes, até o final desta semana, o Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas dos Correios vai funcionar em horário ampliado, pela manhã (Divulgação)

Clientes que usam o serviço Sedex da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ou Correios, em Manaus, estão insatisfeitos com os sucessivos erros na entrega das mercadorias. Um deles é o militar Edigley Gressi, 35. Segundo ele, o carteiro entregou um envelope, contendo o documento de um veículo, em outra casa e a empresa não se responsabilizou pelo erro.

O militar precisou ir até a Central de Entrega de Encomendas (CEE), no bairro Coroado, Zona Leste, cinco vezes até descobrir que a correspondência foi entregue no endereço errado. “Eu acompanhei o carteiro e ele confirmou que entregou no local errado, mas a senhora que assinou o recebimento disse que não sabia do envelope”, disse o militar.

Edigley informou que pretende processar a empresa, já que além do tempo ele gastou cerca de R$ 500 para pedir a segunda via do documento que ele pensava ter sido extraviado.

Outro caso semelhante aconteceu com a empresária, Regiane Oliveira, 42, que acompanhou pelo site o trajeto da encomenda e viu que o produto chegou a Manaus no dia 16, mas só conseguiu pegar o pacote depois de quatro dias, na Central.

A justificativa para o atraso na entrega foi, de acordo com Regiane, o fato de que o endereço dela que estava errado. Porém, a empresária garante que os dados estavam corretos e que os carteiros não fizeram as três tentativas estabelecidas pela empresa. “Eu sempre utilizo o serviço dos Correios e os atrasos na entrega são recorrente”, acrescentou a empresária.

O auxiliar de manutenção Samuel da Costa Tapajós, 24, passou por uma situação semelhante e teve sua encomenda devolvida ao remetente porque os Correios alegaram não terem encontrado o endereço informado. De acordo com Samuel, ele precisou pedir que a empresa fornecedora enviasse novamente o produto e pagou mais uma vez pelo Sedex, porém, de novo, a empresa informou que os dados estavam incorretos. “Depois que eu fui até a Central, a própria pessoa que trabalha no setor informou que a mercadoria nem havia saído para a entrega”, disse.

Em nota, a assessoria de comunicação dos Correios informou que, em média, são entregues 300 mil correspondências e mais de cinco mil encomendas por dia. A assessoria lembrou que é importante que, ao realizarem compras, os clientes cadastrem corretamente o local para entrega.

Segundo a assessoria, para dar mais opções aos clientes, o horário de atendimento no balcão de entrega no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE), no bairro Coroado, Zona Leste, será ampliado até o fim desta semana, das 8h às 12h e das 14h às 16h. Depois, ele volta ao horário normal, das 10h às 12h e das 14h às 16h.