Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Trânsito: Obra do complexo viário da Torquato Tapajós está 50% concluída

Trabalhos de construção foram acelerados e complexo viário deverá ser entregue no dia 20 de maio. As informações foram afirmadas pela Seminf nesta quarta-feira (26)

Obra do complexo começou em outubro de 2013 e, quando ficar pronta, vai garantir uma melhor fluidez ao trânsito para as zonas Oeste e Norte

Obra do complexo começou em outubro de 2013 e, quando ficar pronta, vai garantir uma melhor fluidez ao trânsito para as zonas Oeste e Norte (Erica Melo)

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou nesta quarta-feira (26) que a obra do complexo viário da avenida Torquato Tapajós atingiu a metade dos trabalhos e, com isso, está confirmada a entrega no dia 20 de maio. A meta é entregar no prazo para que o complexo atenda a demanda de veículos que deverá aumentar no local devido a chegada de turistas que virão a Manaus para acompanhar os quatro jogos da Copa do Mundo de 2014.

O complexo está sendo construído na área onde ficava o Portal da Cidade, entre a avenida Santos Dumont (antiga estrada do Aeroporto) e rodovia Torquato Tapajós, para facilitar o trânsito nas Zonas Oeste e Norte.

Segundo a Seminf, o avanço corresponde ao ritmo intenso, apesar das fortes chuvas das últimas semanas, que está sendo aplicado para entregar a obra dentro do cronograma estabelecido pela prefeitura.

Até ontem foram construídas as estruturas chamadas de “estacas hélices”. Elas darão sustentação as alças do complexo, além da concretagem dos blocos de coroamento que estão pela metade. As alças “C” e “D” complexo também já estão com a construção em andamento. Elas formam os retornos que possibilitarão seguir tanto no sentido bairro/Centro, quanto no sentido contrário Centro/bairro. Cada retorno terá uma faixa de aceleração e desaceleração para que não haja retenção de veículos nas vias principais, conforme explica os projetistas da Seminf.

Tecnologia

O serviço está sendo feito com máquinas chamadas “motoniveladoras” que fazem a terraplanagem do solo para a inclinação da pista das alças C e D.

As alças “A” e “B” estão em fase de terraplanagem. São elas que podem ser vistas por quem passa pelo local sendo escavadas numa trincheira. A alça A, por exemplo, terá duas pistas, cada uma com duas faixas de rolamento, sendo uma de acesso ao aeroporto no sentido Centro/bairro e outra de saída do aeroporto no sentido bairro/Centro.

De acordo com a Seminf a obra deve facilitar o fluxo de veículos tanto para quem quer acessar o aeroporto Internacional de Manaus Eduardo Gomes, quanto para quem segue em direção as rodovias BR-174 (Manaus-Boa Vista), AM-010 (Manaus Itacoatiara) ou para o Centro.

Pelo balanço apresentado, até o final de janeiro deste ano, mais de 45 do total de 73 estacas de sustentação do complexo haviam sido concretadas, serviço que avançou bastante n este mês. Cada uma tem 24 metros de comprimento, segundo a Secretaria.

Promessas

No Fórum Manaus na Copa, promovido por A CRÍTICA no início deste mês, secretários da Prefeitura de Manaus garantiram que a obra do complexo viário e a reforma da praça de Alimentação do Dom Pedro seriam as obras entregues à população em função do Mundial de Futebol A obra da praça, contudo, só será iniciada, conforme a Seminf, em março.