Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Três são presos após roubo em loja de material de construção na Zona Leste de Manaus

A polícia surpreendeu dois suspeitos no momento em que eles deixavam a loja por uma porta letaral arrombada. Um terceiro suspeito esperava do lado de fora no carro que seria usado para a fuga

Com os suspeitos a polícia apreendeu o material usado na ação: pé de cabra, martelo, serra, chaves de fenda e alicates

Com os suspeitos a polícia apreendeu o material usado na ação: pé de cabra, martelo, serra, chaves de fenda e alicates (Bruna Souza)

Policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam na manhã desta terça-feira (17) Josias Lino de Oliveira, 19, e o técnico de enfermagem da Fundação de Medicina Tropical (FMT) Lucas de Souza Araújo, após ambos arrombarem durante a madrugada a loja de material de construção Almeida, localizada na avenida Autaz Mirim, bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. Eles chegaram a roubar R$ 6 mil em espécie. Na ocasião, um adolescente foi apreendido após tentar fugir do local. 

De acordo com o soldado Hélio Nunes, o proprietário da loja chegou ao local pela manhã e percebeu a ação do adolescente e de Josias, que haviam arrombado uma porta lateral com um pé de cabra e estavam dentro do estabelecimento. Imediatamente ele acionou os policiais militares, que estavam a menos de 300 metros e abordaram a dupla quando saíam da loja.

“Quando chegamos, os dois estavam saindo do local e correram. Eu e o soldado Ozarias os perseguimos e conseguimos detê-los. O Lucas estava em um (veículo modelo Chevrolet) Celta prata, na frente da loja aguardando a dupla com os objetos furtados”, declarou.

Josias, Lucas e o adolescente foram levados para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados em flagrante por furto. Com eles a polícia apreendeu um pé de cabra, um martelo, uma serra, três chaves de fenda, um alicate de corte, um alicate de bico, duas chaves de boca e dois celulares. 

Segundo o proprietário do estabelecimento comercial, que preferiu não se identificar, o dinheiro da renda do dia anterior estava no caixa e desapareceu após a ação. Os policiais militares informaram que o dinheiro não foi encontrado com os suspeitos. A polícia acredita ainda que durante a tentativa de fuga, Jozias ou o adolescente podem ter jogado a quantia antes de serem detidos.

Familiares dos suspeitos foram até a delegacia ainda durante a manhã de ontem e disseram não acreditar no crime cometido pelo trio. A mãe de Lucas estava inconsolável e declarou que o filho estava sendo injustiçado, pois era trabalhador e não precisava furtar ou roubar.

Lucas e Josias foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, e o adolescente foi levado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI), onde responderá um processo interdisciplinar.