Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Poder público debate medidas preventivas para a cheia do rio Negro em 2014

Prefeitura e Estado discutiram providências para minimizar cheia do rio Negro que afeta o movimento do comércio no Centro de Manaus

Secretário da Sempab, Fábio Pacheco, em reunião sobre prevenção à cheia do rio Negro

Secretário da Sempab, Fábio Pacheco, em reunião sobre prevenção à cheia do rio Negro (Divulgação/ Semcom)

O 1º Encontro Municipal de Prevenção à Enchente do rio Negro de 2014 foi realizado, na manhã desta segunda-feira (20), pela Prefeitura de Manaus, onde se discutiu um plano de ação com medidas preventivas a fim de minimizar os danos causados pela cheia nas feiras da Banana, Manaus Moderna e no Mercado Adolpho Lisboa, no período de maio a julho. 

No encontro, ocorrido no auditório da Sempab, as entidades de classe abordaram os pontos positivos e negativos durante as maiores cheias que ocorreram em Manaus em 2009 e 2012.

O titular da Sempab, Fábio Pacheco, fez um balanço geral sobre a participação e parceria dos órgãos municipais e estaduais envolvidos na mobilização.


“O primeiro encontro foi basicamente para observamos o que cada secretaria faz, os objetivos, finalidades, as experiências que elas tiveram no período das cheias anteriores e o que podem fazer para a possível cheia de 2014. O primeiro marco aqui é planejamento”, informou.

 Estiveram presentes no evento, as secretarias municipais do Centro (Semc), de Saúde (Semsa), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), de Limpeza Pública (Semulsp), de Infraestrutura (Seminf), o Instituto de Planejamento Urbano (Implurb), Manaustrans, Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Defesa Civil do Estado e Município, Capitania dos Portos, Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH), Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM), Sindicato dos Feirantes, Associação dos Permissionários do Mercado Adolpho Lisboa, Comissão Gestora da Feira Municipal Manaus Moderna e Comissão Gestora da Feira Municipal da Banana.

 A próxima reunião do grupo de trabalho está marcada para a primeira semana de fevereiro.