Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Oito horas após início da Copa do Mundo, cinco assassinatos são registrados na capital do AM

A maioria dos assassinatos ocorreu com uso de arma branca, com vítimas nos bairros Centro, Alvorada, Monte das Oliveiras e Colônia Terra Nova, nas zonas Sul, Norte e Centro-Oeste de Manaus

O corpo foi encontrado nas proximidades do beco Inocêncio e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML)

As vítimas foram recolhidas por equipes do Instituto Médico Legal (Reprodução)

Quatro assassinatos por arma branca e um por arma de fogo foram registrados em Manaus nas oito horas seguintes após o início oficial da Copa do Mundo no Brasil. Desde a manhã de quinta (12) até o final do dia, torcedores e turistas se reuniram para assistir a transmissão do jogo de estreia entre Brasil e Croácia e para festejar o Mundial.

Já às 18h49, um adolescente de 16 anos foi encontrado morto com perfuração de arma de fogo na cabeça, na rua Ramos Ferreira, conjunto Parque Residencial Manaus, Centro, na Zona Sul da cidade. Moradores encontraram o corpo e acionaram a polícia. A vítima seria usuária de drogas e teria se envolvido em briga com dois homens antes de morrer

Menos de uma hora depois, às 19h30, outro homicídio foi registrado. O autônomo Isaías de Abreu Queiroz, 23, foi esfaqueado, por alguém desconhecido, na rua Curió, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte. Ele chegou a ser socorrido por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital Platão Araújo, mas não resistiu.

Às 22h40, na rua 3 do bairro Alvorada 1, Zona Centro-Oeste, o soldador Leno Raykes Macambira Marares, 27, também foi esfaqueado por autor até o momento desconhecido. Ele foi socorrido por equipes do Samu e encaminhado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Alvorada, mas não resistiu. Leno era natural de Santarém (PA).

Já na madrugada desta sexta-feira (13), às 00h13, o estudante Adriano dos Santos Xavier também foi vítima de homicídio por arma branca. Ele foi esfaqueado na rua Parintins, bairro Colônia Terra Nova 2, na Zona Norte da capital. Adriano foi socorrido para o SPA do Galileia, mas não resistiu. Ele foi à óbito por volta das 01h40.

O último homicídio registrado nas oito horas após o início da Copa foi o do pedreiro Cleuber Menezes Mota, 32, morto com um golpe de pau na cabeça às 2h37. Ele foi encontrado morto em via pública, na avenida Torquato Tapajós, Colônia Terra Nova, Zona Norte. Segundo familiares, Cleuber foi apartar uma briga em um bar e acabou sendo golpeado.

*Colaborou a repórter Girlene Medeiros