Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Primeira rua do projeto BRS já foi, agora só faltam as outras nove

Prefeitura concluiu obras na avenida Constantino Nery, que começou ontem a receber a sinalização horizontal do sistema

A pintura das faixas azuis que separam o espaço exclusivo dos ônibus deverá ser concluída na próxima semana

A pintura das faixas azuis que separam o espaço exclusivo dos ônibus deverá ser concluída na próxima semana (Divulgação)

Apenas uma das dez avenidas que estão no cronograma para reformas do projeto Bus Rapid System (BRS), da Prefeitura de Manaus, está pronta, de acordo com informações da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos de Manaus (SMTU). As obras na avenida Constantino Nery foram concluídas, mas falta agora a revitalização dos pontos nas avenidas Umberto Calderaro, Getúlio Vargas, Álvaro Botelho Maia, Mario Ypiranga, Autaz Mirim, Max Texeira, Camapuã e Cosme Ferreira.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) concluiu nesta sexta (31) a sinalização das faixas que fazem parte do projeto, iniciou a implantação de linhas de demarcação, semáforos e faixas de pedestres na avenida Constantino Nery, onde está sendo implantado o primeiro trecho do corredor do BRS.

Dando seguimento às obras, os pontos do BRS da avenida Torquato Tapajós, segunda avenida do trecho, estão recebendo a pavimentação e em seguida receberão a sinalização do Manaustrans.

A reforma das paradas que, antes eram usadas pelo sistema dos ônibus Expresso, incluem a revitalização desses pontos de ônibus, segundo a prefeitura, com pintura em cores e nomes diferenciados, inclusive sinalizações em inglês e português. Na pista, as faixas pintadas nas cores azul e branca representam que a preferência de passagem é do ônibus articulado, geralmente no meio fio, lado esquerdo das ruas.

Segundo informações da SMTU, ainda neste mês de fevereiro está previsto o início da sinalização nas avenidas Umberto Calderaro (trecho entre as ruas Marciano Armond e Valério Botelho), Mário Ypiranga, Getúlio Vargas, Álvaro Maia (Boulevard). Nestas vias a pista exclusiva para os ônibus será do lado direito.

Alternativa
O BRS é um dos projetos da prefeitura para a Copa do Mundo de 2014. O sistema tomou força depois que o BRT (Bus Rapid Transit), projeto prometido pela gestão passada, que deveria ser entregue em março deste ano, foi descartado pela atual administração, ainda no ano passado. “É o que podemos fazer, a poucos meses da Copa do Mundo”, justificou o prefeito de Manaus, Artur Neto, em entrevista à série de programas especiais de fim de ano da TV A Crítica, ‘Perspectivas’.

Restrições e regras das faixas segregadas
- Demais veículos não poderão circular na pista restrita para coletivos, sob pena de infração média, quatro pontos na carteira e multa de R$ 85,30;

- Durante o período de implantação e adaptação dos motoristas ao novo sistema, ainda não haverá multa. A previsão é que na próxima semana os trabalhos de sinalização sejam finalizados. Depois disso, as multas vão valer.