Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Pesquisa revela que ser bem atendido em Manaus é ‘raridade’

Targo entrevistou 4.620 pessoas e detecta que, para 42,80% delas, atendimento bom é uma raridade

Atendimento é uma área sensível dos negócios. No varejo local, serviço está ainda longe de agradar clientes

Atendimento é uma área sensível dos negócios. No varejo local, serviço está ainda longe de agradar clientes (Clóvis Miranda)

Muita gente acredita que ser bem atendido em Manaus é uma “missão quase impossível”. Até porque não é raro, seja em conversas do dia-a-dia ou nas redes sociais, ver clientes reclamando do atendimento e dos serviços prestados por estabelecimentos como bares, lojas e restaurantes na capital amazonense.

Pensando nisto, a Targo Consultoria fez uma pesquisa junto à população durante o mês de novembro. Os entrevistados precisavam responder apenas uma única pergunta: “Na sua opinião, qual o melhor atendimento de Manaus?”. Foram entrevistadas 4620 pessoas, em abordagens nas ruas, via telefone e pela internet, em mídias sociais. O resultado da pesquisa reforça a tese de que o atendimento na capital amazonense precisa evoluir muito, pois 42,80% das pessoas ouvidas não souberam responder, ou citaram que não havia referência de bom atendimento em Manaus.

A Targo elaborou dois rankings distintos com os resultados. No que foi feito a partir das respostas obtidas diretamente com a população, a empresa mais citada foi a Bemol, com 13,52%. Info Store (7,71%) e Óticas Avenida (5,21%), vieram na sequência. O segundo ranking teve como base as respostas obtidas nas redes sociais. Nele, o supermercado Atack ficou em primeiro lugar com 15,45% de citações. A Bemol aparece na segunda posição, com 8,18% e a Churrascaria Gauchos, com 5,45%, ficou com a terceira colocação.

Segundo Carlos Eduardo Oshiro, diretor da Targo e criador da pesquisa, a metodologia utilizada pela simplicidade da pergunta fez com que as respostas fossem as mais sinceras possíveis. Em alguns casos, o entrevistado citou até a padaria da esquina da casa dela. “Isso é interessante, pois mostra que nem sempre a maior empresa é a que melhor atende”, frisou.

Oshiro ressaltou que deve se levar em consideração também, que o investimento em publicidade por parte das empresas, pode interferir na hora da lembrança do pesquisado, mas, ele se diz satisfeito com o resultado, pois vem bem ao encontro com a realidade das mais lembradas. “Para comprovar isso, basta o cliente visitar esses estabelecimentos, e vai perceber que existe uma atenção especial ao cliente. Seja pelo investimento da empresa, ou pela cultura do dono em prezar pelo atendimento”, destacou.

Os três melhores colocados de cada ranking da pesquisa, serão premiados em um evento marcado para a noite da próxima quinta-feira (19), no stand do empreendimento Reserva Inglesa na Estrada da Ponta Negra.

Blog: Ezra Benzion - Presidente da FCLD

“Discordo que haja tanto mal atendimento assim na cidade. As empresas estão investindo e o próprio consumidor mudou a postura. Hoje, o mal atendimento em Manaus está mais para exceção do que regra. É lógico que atender é trabalhar com pessoas. E estas pessoas, às vezes, não estão em um bom dia e misturam as coisas. Manaus possui muitas franquias nacionais e mundiais, que têm funcionários treinados. Investir em capacitação, também não é o suficiente. Manter uma loja arrumada e limpa são pontos que contam muito para o consumidor. Não dá para atender bem em um lugar desorganizado.