Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após marcar encontro sexual pelo Instagram, mulher acabou assaltada por comparsa de 'ficante'

Depois de consumar o ato sexual com a vítima, o comparsa de Laércio Castro de Oliveira - seu próprio tio, invadiu a suíte do motel e anunciou o assalto. Laércio se fingiu de vítima

Laércio conseguiu fugir mas seu tio, cúmplice no golpe, entregou sua participação no assalto contra a mulher não identificada

Laércio conseguiu fugir mas seu tio, cúmplice no golpe, entregou sua participação no assalto contra a mulher não identificada (Divulgação)

Uma mulher de 38 anos que não teve a identidade revelada foi vítima de um golpe na noite da última quarta-feira (19) em Manaus. Pelas redes sociais, há cerca de um mês, ela conheceu Laércio Castro de Oliveira, 27, e se encontrou com ele duas vezes. Quarta, em um encontro num motel, ela acabou vítima de um assalto arquitetado pelo “ficante”.

A polícia já prendeu o tio de Laércio que também teve participação no golpe, Ronaldo Alves Duarte, 37. Segundo o delegado Eduardo Paixão, do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Laércio combinou com o tio para enganar a vítima e assaltá-la. O tio acabou preso após quase ser linchado por populares no bairro Praça 14, na Zona Sul.

Plano Macabro

Conforme o delegado, o tio estava o tempo todo dentro do porta-malas do carro de Laércio, um Citroen preto, enquanto Laércio e a vítima namoravam no motel, que fica na avenida Tarumã, bairro Compensa, Zona Oeste. Ronaldo ficou escondido e só invadiu o quarto como “assaltante” após o ato sexual e quando foi acionado por Laércio, que se fingiu de vítima o tempo todo.

Ronaldo usou uma arma falsa e mandou a vítima e Laércio entrarem no carro. A mulher foi deixada no banco de trás e Laércio ficou no volante, enquanto Ronaldo apontava a “arma” para cabeça do sobrinho. No meio do trajeto, já na Praça 14, na avenida Tarumã, a vítima se jogou para fora do veículo em movimento.

De acordo com o delegado, Laércio percebeu o ocorrido e parou o veículo. Ele pediu para que o tio saísse e trouxesse a vítima de volta ao carro. Entretanto, populares perceberam a confusão e imobilizaram Ronaldo, que acabou linchado. Laércio conseguiu fugir e Ronaldo foi levado por policiais da 1ª Companhia Interativa Comunitária ao 1º DIP

Ronaldo foi autuado por roubo e extorsão e já foi para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa. Policiais do 1º DIP estão à procura de Laércio e quem souber de informações pode ligar para (92) 3635-6373. O delegado Eduardo Paixão alertou as pessoas para ter cuidado com uso e a exposição nas redes sociais.