Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

PS da Zona Norte ficará pronto até junho, garante José Melo

A unidade de saúde é a primeira experiência 'público-privado' do Amazonas e de acordo com o governador José Melo, será o maior hospital do Norte do Brasil. Somente o pronto-socorro equivale à capacidade de atendimento de três SPAs

Para a gestão do hospital será feita uma nova licitação em nível nacional. O objetivo é trazer para Manaus um hospital de grande porte nacional.

Para a gestão do hospital será feita uma nova licitação em nível nacional. O objetivo é trazer para Manaus um hospital de grande porte nacional. (Divulgação)

O governador do Amazonas, José Melo, anunciou para o mês de junho a inauguração do Pronto-Socorro da Zona Norte, que está sendo construído na avenida Vital de Mendonça Furtado, travessa da Torquato Tapajós, Zona Norte de Manaus. Melo visitou a obra na manhã desta terça-feira (8) e obteve da construtora o prazo de conclusão até o dia 20 de junho.

“É um hospital que vai desafogar e muito os outros, porque vai ter o atendimento de média e alta complexidade. De um lado, vamos ter um grande pronto-socorro, super equipado, que será inaugurado em junho, e a continuidade das obras do grande Hospital da Zona Norte, que eu imagino mais um ano ou um ano e meio para concluir”, observou o governador, ao ressaltar que os equipamentos do pronto-socorro já foram todos adquiridos.

Primeira experiência de Parceria Público-Privada (PPP) do Estado, o Hospital e Pronto-Socorro da Zona Norte está sendo construído pelo consórcio Zona Norte Engenharia, Manutenção e Gestão de Serviço S.A., vencedor da licitação realizada pelo Governo do Estado.

Somente o pronto-socorro equivale à capacidade de atendimento de três SPAs. “Com a entrada dele, todos os pacientes que vierem das duas estradas e parte da zona norte serão atendidos aqui”, disse o governador, ao ressaltar que, em breve, toda a rede de saúde da capital estará organizada. “Será o maior hospital do norte do Brasil, que vai abrigar uma tecnologia de ponta, fazer cirurgias de alta complexidade e, ao mesmo tempo, ter ao lado um pronto-socorro. Com a rede de unidades que está sendo construída pela Prefeitura de Manaus, a cidade terá um cinturão de atendimento na atenção básica que vai desafogar nossos prontos-socorros”, completou.

Maior do Norte

Voltado para procedimentos de alta complexidade, o Hospital da Zona Norte ampliará em 300 o número de leitos hospitalares existentes no Estado. De acordo com o secretário Estadual de Saúde, Wilson Alecrim, isso representa um aumento de 10% em relação ao que é ofertado hoje. O hospital terá área construída de 25 mil metros quadrados, bem maior que o Pronto-Socorro 28 de Agosto, que tem 15 mil metros quadrados.


A unidade contará com 12 consultórios ambulatoriais, sete consultórios de pronto-socorro e 11 salas cirúrgicas. Atenderá as especialidades de traumato-ortopedia, clínica médica, neurocirurgia, oftalmologia, otorrinolaringologia; odontologia; cabeça e pescoço; cirurgia buco-maxilo-facial e nefrologia. A meta, com 85% de ocupação, é de realização, a cada ano, de 126 mil consultas, 73.920 exames de imagem e 12.045 cirurgias.