Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Eleições 2014: campanha aquece no AM e Amazonino some

Aliado cobiçado antes das definições das candidaturas a próximo governador, Amazonino Armando Mendes, ex-prefeito de Manaus, ainda não foi para a rua pedir votos

Depois de ter sido cogitado para disputar o Senado, o ex-prefeito Amazonino Mendes decidiu não se candidatar este ano

Depois de ter sido cogitado para disputar o Senado, o ex-prefeito Amazonino Mendes decidiu não se candidatar este ano (Euzivaldo Queiroz)

A primeira metade dos três meses da campanha eleitoral, encerrada na quinta-feira (21), e a largada para a reta final da disputa ainda não tiveram a participação  de um dos cabos eleitorais mais valorizados este ano, o ex-governador Amazonino Mendes (PDT). Amazonino anunciou apoio à candidatura do senador Eduardo Braga (PMDB) ao governo no dia 6 de junho, mas até o momento não esteve em nenhum dos eventos de campanha da chapa.

A última vez que Amazonino Mendes esteve presente em um evento da chapa encabeçada por Braga foi no dia 30 de junho, antes do início da campanha oficial, na convenção que selou a candidatura do senador em dobradinha com a  deputada Rebecca Garcia (PP).  Na ocasião, o ex-governador disse que se tivesse um milhão de votos daria para Praciano (PT), candidato ao Senado pela coligação ‘Renovação e Experiência’.

Distante dos holofotes da campanha de Eduardo Braga, segundo o presidente estadual do PDT, Stones Machado, Amazonino Mendes estaria em caravana pelo interior articulando apoio ao peemedebista. “Ele está fazendo campanha, sim. Conversando com lideranças desses municípios: prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e outras pessoas”, afirmou Machado.

Apoio que também foi cobiçado pelo candidato à reeleição José Melo (Pros), Amazonino Mendes declarou, durante a pré-campanha, ainda em dezembro de 2013, que não queria que houvesse “fratricídio” do grupo político, isto é, ele não queria que José Melo e Omar Aziz (PSD) rompessem com Braga.

Na pré-campanha, Amazonino foi cortejado publicamente por Melo em duas ocasiões. A primeira durante um evento no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), no dia 19 de dezembro do ano passado, quando Melo lamentou ter se afastado da órbita política de Amazonino. A segunda durante sua posse como governador, quando Melo o chamou de “pai político”, enquanto Omar Aziz o citou três vezes em seu discurso e  ainda o classificou como “o eterno governador do Amazonas”.

Após ser incensado publicamente por Melo e ser apontado como um possível aliado de Braga, o nome de Amazonino começou a circular como possível candidato a deputado estadual e como uma opção à vaga de candidato a senador na chapa de Braga, o que não se confirmou na convenção. Nos meses que antecederam o anúncio de apoio de Amazonino a Eduardo Braga, o grupo do peemedebista e o grupo do governador travaram uma intensa disputa pelo passe de Amazonino.

Mesmo dando sinais de que  não disputaria o governo, nos bastidores, o ex-governador era motivo de preocupação de Braga e Melo, os dois candidatos melhor colocados nas pesquisas. Com a experiência de sete mandatos no governo, prefeitura e Senado, Amazonino acumula  capital político/eleitoral.

Candidatos saem às ruas

O candidato Eduardo Braga se reúne hoje, às 8h, com idosos no comitê central da campanha. Às 12h, ele concede  entrevista à apresentadora Baby Rizzato para o Programa Nosso Encontro, da TV A Critica. No fim da tarde, ele tem  reunião marcada com coordenadores de campanha. A CRÍTICA apurou que na lista dos que devem estar presentes nessa reunião estão: a candidata a vice Rebecca Garcia, o candidato a senador Francisco Praciano e o ex-governador Amazonino Mendes. À noite,  Eduardo Braga tem reunião com moradores do   Viver Melhor, às 21h.

O candidato José Melo está percorrendo o interior do Estado. Ontem, esteve em  Caapiranga, Anori e Codajás. Hoje, ele faz caminhadas, reuniões  e comícios nos municípios de Manaquiri  (manhã), Beruri (tarde) e Manacapuru (noite).

O candidato Marcelo Ramos faz  caminhada na  Zona Oeste às 7h30. Às 10h, grava programa eleitoral. Ele concede entrevista para site Trânsito Manaus às 14h. Às 17h30 tem reunião com apoiadores de campanha da Zona Norte. Amanhã, Marcelo Ramos faz caminhada Zona Leste às 7h30. Às 11h, ele tem reunião com a equipe de planejamento de campanha.

Já o candidato Chico Preto (PMN) faz caminhada, às 9h, no bairro  Alvorada. Às 12h, reúne com eleitores evangélicos da Igreja Batista da Chapada. No fim da tarde, às 17h15, concede entrevista  na TV Amazonas. Na segunda-feira, às 9h ele faz caminhada no bairro Raiz. Às 15h concede entrevista para um jornal impresso. Às 16h,  faz caminhada no bairro Oswaldo Frota. Às 20h, Chico Preto reúne com moradores do bairro  Santo Antônio, zona Oeste de Manaus.