Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Crianças testemunham assassinato do pai, na Zona Norte

De acordo com a Polícia Civil, o caso tem caracteristicas de acerto de contas. A investigação vai ser feita pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

Os dois filhos da vítima, de 4 e 9 anos, gritaram para pedir ajuda

Os dois filhos da vítima, de 4 e 9 anos, gritaram para pedir ajuda (Divulgação)

O motorista José Ferreira da Costa Júnior, 27, foi assassinado e abandonado dentro de um carro junto com os dois filhos, no bairro Nossa Senhora de Fátima 1, no Novo Aleixo, na Zona Norte, na tarde deste domingo (15).

Uma testemunha de 17 anos contou que o carro, modelo Dobló, de cor cinza e placas JWV 8378, foi abandonado no fim da rua Jerusalém, por volta das 15h30. As duas crianças de 4 e 9 anos começaram a gritar pedindo socorro, o que chamou atenção. Ao se aproximar do veículo, uma das crianças contou que o pai estava na parte de trás muito ensanguentado e explicou sem muitos detalhes que três homens tinham entrando no veículo e um deles dirigiu até aquela rua. No local, os homens abandonaram o carro e fugiram a pé.

“Eu abri o carro e vi que o Juúnior estava jogado na parte de trás e chamei a polícia. As crianças estavam muito nervosas, mas não contaram  direito o que tinha acontecido antes”,  contou a testemunha.

O delegado plantonista do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Antônio Teixeira, esteve no local do crime e informou que o caso trata-se de um possível acerto de contas. “A família não quis dar muitas informações, mas já sabemos que a vítima tinha passagem por roubo e homicídio”, disse. O delegado também destacou que o homem foi morto na frente dos próprios  filhos.

Ainda segundo a Polícia Civil, José Jr. estava com muitas marcas de agressão física e possivelmente foi alvejado com dois tiros na nuca. Moradores do bairro também comentaram que ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Nenhum familiar quis comentar o crime. Ninguém foi preso.

Morte na madrugada

Também no domingo (15), mas de madrugada, Edimar Batalha Uchôa da Silva, 19, também foi morto com seis tiros, no bairro Nossa Senhora de Fátima, na rua Abel. A polícia informou que a vítima além de usuária de droga, costumava praticar roubos pelo bairro, o que pode relacionar o crime com acerto de contas.

Outro crime que também será investigado pela DEHS é a morte do mecânico Ricardo Carlos Marques, 30, no bairro Petrópolis. Ele estava na rua Leopoldo Carpinteiro Peres, quando um homem em uma moto chegou, o chamou pelo nome e efetuou dois tiros. Ricardo morreu na hora e o assassino fugiu. Ninguém soube dizer qual seria a motivação do crime.