Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Casal é alvejado com vários disparos de arma de fogo na Zona Centro-oeste

A vítima fatal, uma adolescente de 15 anos e seu namorado, Moisés da Silva Pereira Filho foram feridos por disparos de pistola. Segundo populares, Moisés era matador e envolvido com o tráfico e o consumo de drogas. Ele já havia sido ameaçado de morte há alguns meses


Moisés respondia a um processo por porte ilegal de arma de fogo

Moisés respondia a um processo por porte ilegal de arma de fogo (Reprodução)

Jaqueline Ketlen Azevedo Trindade, 15 anos, e Moises da Silva Pereira Filho, 23 anos, foram alvejados em frente à casa deles, na rua Campo Grande, bairro Redenção, Zona Centro-oeste de Manaus, no início da tarde desta quarta-feira (15). A adolescente morreu e Moisés encontra-se em estado grave, internado no Hospital João Lúcio, Zona Leste.

De acordo com moradores da rua, por volta de 14h um veículo da marca Corsa Sedã, cor preta de placa não identificada, parou na calçada em frente à casa do casal, onde ambos se encontravam. Um homem saiu do carro e efetuou ao menos dez disparos nos dois.

Jaqueline foi atingida com dois tiros na cabeça e um no abdômen. Moisés levou um tiro no pescoço e outro no braço. O atirador ainda levou o celular do bolso de Moisés, mas deixou a carteira com dinheiro e documentos.


A adolescente chegou a ser levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao SPA do mesmo bairro, onde já chegou sem vida. Moisés também foi levado pelo Samu primeiramente ao Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto e logo depois transferido ao Hospital Dr. João Lúcio.

De acordo com o boletim médico, Moisés encontra-se em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos. Os cirurgiões ainda avaliam a situação médica do paciente para executar o procedimento correto.

Envolvimento com o tráfico

Segundo testemunhas, Moisés é envolvido com o tráfico de drogas e com um suposto homicídio. Ele havia recebido ameaças de morte recentemente. “Eles moram aqui há pouco tempo, uns três meses mais ou menos. Antes, ele morava na rua 8, mas recebeu ameaças de morte e mudou de residência. Sempre senti um cheiro forte de maconha vindo do apartamento dos dois”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Moisés tem um processo registrado no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) de 2010. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) já investiga o crime.