Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Aprovação de estrangeiros durante a Copa do Mundo chega a 83%, diz pesquisa

Levantamento revela que estrangeiros avaliaram organização do Mundial no Brasil como ótima ou boa. Serviços em jogos, mobilidade urbana e sistema de comunicação também foram analisados

Nove a cada dez entrevistados têm a opinião de que o brasileiro é simpático e receptivo, afirma pesquisa

Nove a cada dez entrevistados têm a opinião de que o brasileiro é simpático e receptivo, afirma pesquisa (Luiz Vasconcelos)

A aprovação dos turistas estrangeiros que vieram para a Copa do Mundo no Brasil chegou a 83%, segundo pesquisa feita pelo Datafolha entre 1 e 11 de julho deste ano. Segundo o Instituto de Pesquisas, 2209 de estrangeiros de mais de 60 países foram entrevistados nos aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fanfests e locais de concentração de público.

A organização da Copa e a segurança pública superaram as expectativas dos estrangeiros. Já, as opiniões sobre a mobilidade urbana e o sistema de comunicação do país ficaram divididas. Para a maioria (60%), a segurança pública do Brasil foi melhor do que o esperado. Para 34%, ficou dentro do que esperavam, para 4% foi pior e 2% não souberam responder.

A organização da Copa foi melhor do que o esperado para 51%, dentro do que era esperado para 39%, e pior, para 8%. Já a mobilidade urbana foi melhor do que o esperado para 46%, dentro do esperado para 40% e pior para 11%.

O sistema de comunicação (incluindo telefonia e acesso à internet) foi o item pesquisado com avaliações mais divididas. Para 24%, o sistema de comunicação superou as expectativas, mesmo índice dos que declararam que foi pior, para 31% foi dentro do esperado e 21% não souberam responder.

Dos entrevistados que foram aos estádios assistir pelo menos um jogo, o conforto e a segurança foram os itens pesquisados melhor avaliados, com 92% de ótimo ou bom (cada um). A qualidade dos transportes até o estádio também foi bem avaliada, com 76% de aprovação. Para 14%, a avaliação foi regular, para 6%, ruim ou péssima e 5% não souberam responder.

Em sua estadia no Brasil, sete a cada dez entrevistados (71%) não presenciaram protestos contra o evento esportivo. Dos que notaram as manifestações (29%). Quando perguntados se presenciaram ou ficaram sabendo de manifestações contrárias à Copa no país, 63% afirmam positivamente e 37% negativamente. Dos que presenciaram ou ficaram sabendo, 43% declararam que as manifestações foram pacíficas e 19% que foram violentas.

Hospitalidade

Nove a cada dez entrevistados têm a opinião de que o brasileiro é simpático e receptivo. Para comparar esses dados, o Datafolha elaborou um índice de avaliação de nove itens, cujo objetivo foi medir o sentimento dos entrevistados com relação aos brasileiros e com relação aos serviços do país. Índices acima de 159 pontos são considerados positivos e abaixo, negativos.

A hospitalidade dos anfitriões da Copa alcançou 194 pontos e foi avaliada como ótima ou boa por 95%. Vieram a seguir, a qualidade das atrações turísticas, com 183 pontos e avaliação positiva de 84%, a diversidade das atrações turísticas, com 181 pontos e avaliação positiva de 83%, e a segurança, com 179 pontos e avaliação positiva de 82%.

A maioria dos turistas também avaliou positivamente a qualidade do transporte aéreo (172 pontos e 76% de aprovação) e a qualidade do setor hoteleiro do país (160 pontos e 64% de aprovação).

Já os itens custo das atrações turísticas, custo do transporte aéreo e custo do sistema hoteleiro tiveram avaliações positivas menores, respectivamente, 48%, 45% e 32%. Avaliaram negativamente o custo do sistema hoteleiro 27%, a taxa mais alta de todos os itens, 18% o custo do transporte aéreo e 15% o custo das atrações turísticas.