Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Batalhão Ambiental apreendeu sete toneladas de carne de jacaré no Rio Solimões

O produto foi doado para a Casa Mamãe Margarida e cozinhas comunitárias que oferecem alimentação a cerca de 200 pessoas diariamente

Carne de jacaré apreendida pelo Batalhão Ambiental no Rio Solimões foi doada para instituição carente

Carne de jacaré apreendida pelo Batalhão Ambiental no Rio Solimões foi doada para instituição carente (Divulgação / Semasdh)

A Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (DEMA) registrou na tarde de quinta-feira (20), por volta das 16h,  a apreensão de sete toneladas de carne de jacaré ilegal realizada por policiais militares do Batalhão Ambiental numa embarcação que trafegava pelo Rio Solimões, nas proximidades do município de Manacapuru, distante 68 quilômetros em linha reta de Manaus.

A ação foi desencadeada após denúncias anônimas e ocorreu na noite de quarta-feira (19), por volta das 20h. Segundo informações dos servidores da DEMA, a embarcação “Comandante Dilson Pantoja”, conduzida por Carlos Alberto Sousa Rodrigues, 50, estava descendo o rio Solimões e seguia em direção a cidade de Belém (PA). Ao ser vistoriada pela equipe do Batalhão Ambiental foi constatado o transporte ilegal. 

O procedimento criminal vai ser encaminhado à Justiça. Carlos Alberto vai responder pelo crime de caça de espécie da fauna silvestre (Artigo 29 da Lei de Crime Ambiental). O material vai ser doado a instituições assistenciais de Manaus. 

Produto doado

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) realizou, nesta sexta-feira (21), a entrega de 1,5 tonelada de carne de jacaré salgada, doadas pela Polícia Civil, após a apreensão da mercadoria. Os alimentos foram entregues à casa de apoio Mamãe Margarida e às cozinhas comunitárias.

A Casa Mamãe Margarida, localizada na rua Penetração 2, no São José, zona Leste, foi beneficiada com 500 quilos da carne. O restante foi distribuído às cozinhas comunitárias, que oferecem alimentação a cerca de 200 pessoas diariamente.

A carne foi doada, no início da manhã desta sexta-feira (21), pela titular da Delegacia Especializada em Crimes do Meio Ambiente (Dema), Izolda Castro.

Com informações da assessoria de comunicação