Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

CBF confirma jogo do Vasco na Arena da Amazônia, mas UGP recusa

Vasco, Sampaio Corrêa e Confederação Brasileira de Futebol entram em acordo e confirmam partida na Arena, porém, a Unidade Gestora da Copa diz que não será possível porque a Fifa já iniciou os trabalhos no local

O Vasco entrou em campo com seu time reserva

O Vasco entrou em campo com seu time reserva (Antonio Lima)

A CBF confirmou no fim da tarde desta segunda-feira (12) que a partida entre Vasco e Sampaio Corrêa será mesmo na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, porém a Unidade Gestora do projeto Copa (UGP) em Manaus diz que não será possível realizar o jogo em Manaus no dia 20 de maio, às 20h50 (horário de Manaus), porque a Fifa já começou a instalar equipamentos da transmissão de imagens e telecomunicações no estádio que irá sediar os jogos da Copa do Mundo em Manaus. 

Segundo o coordenador da UGP, Miguel Capobiango, o estádio de Manaus não tem condições de receber o confronto devido estar passando, ainda, por obras.

“Como a definição do jogo demorou para sair, nós autorizamos o início da instalação dos cabos de fibras óticas para a conexão da Arena com o Sambódromo. Além disso, o estádio também está recebendo a instalação de antenas de celulares e Internet. Por isso, não há condições para realizamos mais nenhuma partida na Arena. Nossa prioridade é a Copa”, disse o coordenador, que reforçou que a Arena da Amazônia será entregue para a Fifa no próximo dia 22, uma quinta-feira.

Até a publicação desta matéria, a diretoria do Vasco da Gama não havia se pronunciado sobre as declarações do coordenador da UGP Copa. 

A partida contra o Sampaio Corrêa, onde quer que ela ocorra, será válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B será a primeira que o time carioca cumpre como punição para atuar a 100 km de distância do Rio de Janeiro – pena imposta pelo STJD por causa da briga entre torcedores de Vasco e Atlético Paranaense pela última rodada do Brasileiro do ano passado.

Percebendo o enorme público que lotou a Arena no terceiro evento-teste realizado no dia 3 de abril pela Copa do Brasil, contra o time do Rezende, em partida válida pelo primeiro jogo da primeira fase da competição. A diretoria vascaína vinha negociando desde a semana passada os detalhes do jogo em Manaus.