Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Comando Militar da Amazônia ganha novo dirigente

O gen. Theophilo Gaspar deixa o Comando da 12ª Região Militar para assumir o CMA, no lugar de  Eduardo Villas Boas

O general Theophilo tem 58 anos e é natural do Rio de Janeiro; entre suas funções anteriores, ele já foi Observador Militar na América Central pelas Nações Unidas

O general Theophilo tem 58 anos e é natural do Rio de Janeiro; entre suas funções anteriores, ele já foi Observador Militar na América Central pelas Nações Unidas (Reprodução/Internet)

O General-de-Exército Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira passa o Comando da 12ª Região Militar (12ª RM), ao General-de-Divisão Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, enquanto assume o Comando Militar da Amazônia (CMA) no lugar de Eduardo Villas Boas, que ficou três anos na função. A cerimônia está marcada para o dia 11 (sexta-feira), às 18h00, no Quartel General da 12ª Região Militar.

Durante mais de dois anos à frente da Logística Militar da Amazônia Ocidental, o general Theophilo estreitou os laços com a sociedade manaura, mantendo diversas parcerias do Exército Brasileiro com o Governo do Estado do Amazonas e Prefeitura de Manaus em apoio à população, além da prestação de serviços médicos e hospitalares nas áreas de fronteira no Amazonas, principalmente entre as populações indígenas, e da regularização da situação de comunidades ribeirinhas localizadas na região do Puraquequara, na área sob responsabilidade do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), com a entrega de contratos de Concessão de Direito Real de Uso Resolúvel (CDRUR)

O novo comandante, General Paulo Sérgio, deixa a função de Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia para assumir o Comando da 12ª Região Militar. O General Paulo Sérgio foi Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Oeste, em Campo Grande (MS), comandou a 16ª Brigada de Infantaria de Selva, em Tefé, além de ter sido adido de Defesa Naval do Exército e Aeronáutica do Brasil no México.

O comando da 12ª RM é uma organização militar integrante do Comando Militar da Amazônia (CMA) e é responsável pelo planejamento e execução logística de toda Amazônia Ocidental – que engloba os Estados do Amazonas, Roraima, Acre e Roraima. Algumas organizações militares subordinadas à 12ª RM destacam-se na execução do apoio logístico na Amazônia Ocidental, a saber: o 12º Batalhão de Suprimento (12º BSup), Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA), Parque Regional de Manutenção/12 (PqRMnt/12), Hospital Militar de Área de Manaus (HMAM), os Hospitais de Tabatinga (HGuTab), São Gabriel da Cachoeira (HGuSGC) e de Porto Velho (HGuPVe), 29ª e 31ª Circunscrição do Serviço Militar.

VII COMAR também realiza passagem de comando

Nesta quinta (10), o Major-Brigadeiro do Ar Marco Antonio Carballo Perez passa o cargo de comandante do Sétimo Comando Aéreo Regional (VII COMAR) para o Major-Brigadeiro do Ar Antônio José Mendonça de Toledo Lobato. A cerimônia militar será realizada, às 10h, no pátio operacional da Base Aérea de Manaus. Na ocasião, haverá desfile militar e aéreo e estarão presentes autoridades civis e militares convidadas.

Durante os quase dois anos em que esteve à frente do VII COMAR (de julho de 2012 a abril de 2014), o Major Perez foi responsável por fazer cumprir a missão da Força Aérea nos Estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, área equivalente a 26% do território nacional. Nesse período, foram realizados 7490 atendimentos, em nove Ações Cívico-Sociais (ACISO); missões em que médicos e dentistas da Aeronáutica realizam atendimentos em determinada localidade. Nesse biênio também foram realizadas 81 Eeacuações aeromédicas, o que contribuiu para que cidadãos com problemas de saúde fossem transportados para os grandes centros, onde pudessem receber tratamento mais específico.

O VII COMAR também apoiou a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro, os Governos Estaduais e Municipais e vários outros órgãos, como os Ministérios da Saúde, da Justiça, da Educação e da Integração, a Polícia Federal, a Funasa, a Funai, a Justiça Eleitoral e as Polícias Militares. A parceria com essas organizações se deu através do transporte de gêneros alimentícios, suprimentos logísticos, munição, combustível, materiais de construção, medicamentos, vacinas, urnas eleitorais, provas do Enem e até mesmo de tropas.

*Com informações da Seção de Comunicação Social da 12ª Região Militar e do VII COMAR.