Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Deputados cobram prorrogação de áreas de livre comércio na Região Norte

Parlamentares da Região Norte cobraram no plenário da Câmara dos Deputados uma compensação em prol da economia de outros estados

Discussão da PEC 506 que dispõe sobre a prorrogação dos benefícios da Zona Franca de Manaus

Discussão da PEC 506 que dispõe sobre a prorrogação dos benefícios da Zona Franca de Manaus (Gustavo Lima/ Agência Câmara)

Apesar de se manifestarem a favor da prorrogação da Zona Franca de Manaus (PEC 103/11), deputados de outros estados da Região Norte cobraram o compromisso de que a proposta só seja votada em segundo turno depois de resolvida a prorrogação das áreas de livre comércio existentes fora do estado do Amazonas.

O deputado Luciano Castro (PR-RR) disse que as áreas de livre comércio do seu estado também precisam ser prorrogadas. “Seja por PEC, seja por lei, precisamos equalizar a vigência das áreas de livre comércio e também por 50 anos”, disse.

Já o deputado Edio Lopes (PMDB-RR) disse que o partido só votará a favor da proposta com o compromisso de que o novo prazo das áreas de livre comércio seja resolvido antes da segunda votação da PEC. Ele criticou o fato de a Zona Franca beneficiar apenas Manaus e ter deixado de lado a função de minimizar as desigualdades regionais.

“Em Roraima, criou-se uma área de livre comércio em 1992, mas até agora não temos armazéns. Seremos ‘patrolados’ nessa questão, mesmo porque a OMC [Organização Mundial do Comércio] está com a faca no pescoço do Brasil por conta das áreas de livre comércio e serão dados os anéis para salvar a joia que é a Zona Franca”, criticou.

A PEC 103 está sendo votada em primeiro turno pelo Plenário.

*Com informações da assessoria