Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Edições 2015 dos utilitários EcoSport e Uno trazem segurança reforçada e sistemas inovadores de câmbio e desligamento

Centro de Estudos em Segurança Veicular (Cesvi) avaliou os modelos; EcoSport também tornou-se o primeiro carro fabricado no Brasil a receber cinco estrelas em proteção do Latin NACP

Modelo recebeu o selo 5 estrelas do Latin NCAP que avalia a segurança para adultos

Modelo recebeu o selo 5 estrelas do Latin NCAP que avalia a segurança para adultos (Divulgação)

O Ford EcoSport confirmou sua liderança como o utilitário esportivo com o menor custo de reparo em caso de colisão, no ranking CarGroup do Cesvi Brasil – Centro de Estudos e Segurança Veicular, que acaba de ser atualizado. Desde o lançamento da nova geração, há três anos, o modelo da Ford mantém a dianteira nesse índice, que avalia o custo das peças e mão de obra de reparo do veículo após testes de impacto.

“A liderança do EcoSport em reparabilidade é mais um fator que reflete o avanço e a alta qualidade do seu projeto”, diz Andre Leite, gerente de Marketing do Produto da Ford. “A facilidade de reparo é um dos conceitos adotados durante o desenvolvimento dos veículos Ford para, além do alto padrão de segurança e qualidade, garantir o baixo custo de reparo e manutenção para o cliente”.

Outro ponto que reforça a economia do EcoSport é o novo plano de manutenção introduzido com a linha 2015. Ele reduz de seis para quatro o número de revisões do veículo durante o período de garantia (de 36 meses), todas com preço fixo, trazendo uma economia de até 40% para o cliente.

Reparabilidade

O Car Group indica em uma escala de 1 a 60 pontos os carros de cada categoria com custo mais baixo e mais fáceis de reparar após uma colisão dianteira e traseira. Pelos critérios adotados, quanto mais próximo do número 1, melhor. O EcoSport tem índice 40 – 12 pontos melhor que o concorrente avaliado.

O Cesvi Brasil trabalha em parceria com as companhias seguradoras e no início atualizava seus índices anualmente. Agora, reavalia os números todo mês para acompanhar as variações no custo das peças e da mão de obra.

Além de fácil de reparar, o Ford EcoSport é o destaque em segurança. Foi o primeiro carro fabricado no Brasil a receber cinco estrelas em proteção do Latin NCAP.

Uno 2015 ganha sistema ‘start&stop’

A Fiat renovou o Uno após a chegada de um forte concorrente, o Volkswagen Up!, e o anúncio do lançamento da nova geração do Ford Ka. Mudanças são leves por fora, mas uma imensa plástica na cabine.Além disso, há dois novos sistemas que prometem fazer barulho no segmento: câmbio automatizado e start&stop. Este recurso, inédito em carros produzidos no Brasil, está disponível exclusivamente para a versão 1.4 Evolution com câmbio manual de cinco marchas. O preço da nova opção, assim como o das outras seis, será divulgado apenas na próxima semana.

O funcionamento do sistema start&stop é igual ao utilizado em modelos importados. O sistema desliga automaticamente o motor quando o carro é totalmente parado - em semáforos ou engarrafamentos, por exemplo - para reduzir o consumo de combustível em até 20%, segundo informações da Fiat.

“Em vez de gastar cinco tanques de combustível por mês, em média, o dono do novo Uno vai usar quatro", diz o diretor de marketing da empresa, Carlos Eugênio Dutra.

 
Sistema gera uma economia de até 20% no consumo de combustível e pode ser desligado no painel (Divulgação)

Enquanto nos importados com start&stop e câmbio automático o motor é desligado quando se pressiona o freio, no Uno é preciso colocar a alavanca de mudanças no neutro. Para religar o carro, basta pisar no pedal de embreagem.

É possível desligar o dispositivo por meio de um botão no painel central. Isso pode ser necessário em dias muito quentes, para que o ar-condicionado não deixe de funcionar.

Para receber a tecnologia, foram necessárias algumas alterações no sistema elétrico do carro - a principal é o uso de uma bateria mais potente. “Se o componente for trocado por outro convencional, o start&stop deixará de funcionar”, afirma o diretor de engenharia da Fiat, Claudio Demaria.

As versões Vivace 1.0 do Uno não receberam alterações no visual - as mudanças foram aplicadas a partir da Attractive 1.0. A dianteira, que formava uma peça única, ganhou uma linha de separação entre a grade e a entrada de ar. Agora há uma faixa preta entre o para-choque e a abertura do capô, que abriga o logotipo da Fiat.