Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ministério Público Eleitoral solicita reforço de tropas federais para eleições em Manaus

A acirrada disputa política local e o histórico de problemas já ocorridos em eleições anteriores é um dos motivos para solicitar o auxílio dos militares na capital, informou o Ministério Público Eleitoral

Doze municípios enviaram pedido de reforço na segurança para o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas

Ao menos 12 municípios do Amazonas pediram de reforço de segurança nestas eleições (Luiz Vasconcelos/Arquivo AC)

A Procuradoria Regional Eleitoral no Amazonas (PRE/AM) encaminhou requerimento ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) para envio de forças federais para atuação em todas as zonas eleitorais de Manaus nas eleições deste ano. No documento, a PRE/AM requer que seja oficiado o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as providências cabíveis.

De acordo com a PRE/AM, a acirrada disputa política local e o histórico de problemas já ocorridos em eleições anteriores, com ameaças entre cabos eleitorais, destruição de propaganda de adversários e boca de urna, recomendam ser necessário o envio de tropas federais para a manutenção da ordem no local.

A resolução do TSE sobre o tema prevê que os Tribunais Regionais Eleitorais deverão encaminhar ao TSE a relação das localidades onde se faz necessária a presença de força federal, devendo o pedido ser acompanhado de justificativa, contendo os fatos e circunstâncias de que decorra o receio de perturbação dos trabalhos eleitorais.

A PRE/AM vem recebendo notícias de infrações eleitorais, envolvendo ameaças armadas e no trânsito, além de perseguições. No requerimento, a PRE/AM destaca que se soma à crescente animosidade entre os concorrentes o fato de que a cúpula do Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM) passa por um período de transição entre os envolvidos por seu comando.

O efetivo da PM-AM previsto para atuar nas eleições é de 1500 policiais, contingente insuficiente para garantir a ordem pública, reprimir ilícitos e crimes eleitorais e guarnecer as 3451 seções eleitorais existentes em Manaus, que é a cidade com o maior eleitorado do Estado do Amazonas, totalizando 1.243.844 eleitores.