Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Embaixadora americana diz que negócios com o AM podem se intensificar

Prorrogação da ZFM e imagem positiva da cidade durante a Copa do Mundo despertam vontade de empresários estrangeiros de investir no estado, segundo a diplomata Liliana Ayalde, em conversa com o governador José Melo

Governador Jose Melo, quando recebia embaixadora Liliana Ayalde

Governador José Melo, quando recebia embaixadora Liliana Ayalde (Divulgação)

Os Estados Unidos estão “de olho” na Zona Franca de Manaus. A expectativa de prorrogação do Modelo e a imagem positiva causada por Manaus nos primeiros dias de Copa do Mundo fizeram aumentar o interesse dos empresários norte-americanos em investir no parque fabril local. Nesta sexta (20), durante visita ao governador do Amazonas, José Melo, a embaixadora do Estados Unidos, Liliana Ayalde, afirmou que empresários norte-americanos avaliam as perspectivas da ZFM.

Segundo ela, as empresas americanas já afixadas no Polo Industrial de Manaus (PIM) têm crescido e com perspectivas de expansão por conta dos incentivos que recebem. “Nossas empresas são muito bem vindas aqui, e as empresas que já estão no Amazonas recebem incentivos importantes para suas operações. Elas estão crescendo, por isso eu quero conhecer mais sobre este assunto”, resumiu.

José Melo, por sua vez, ressaltou à embaixadora o empenho da bancada federal do Amazonas na aprovação da PEC que prorroga o prazo de validade dos incentivos da ZFM, de 2023 para 2073, e afirmou que tudo caminha para uma aprovação rápida no Senado da República.

O governador salientou que o Amazonas já possui importantes relações econômicas e comerciais com os EUA e, segundo ele, a prorrogação poderá atrair novos investidores daquele país. “A embaixadora falou a respeito da preocupação das empresas americanas com a prorrogação do Modelo e eu a tranqUilizei. Com isso, ela disse que novas empresas poderão vir pra cá”, afirmou.

Outros temas

Além de temas econômicos, o governador e a embaixadora também conversaram sobre projetos de intercâmbio científico e cultural entre Universidades dos Estados Unidos e a Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Outro assunto em pauta foi o Programa Carbono Neutro do Amazonas (Amazon Carbon Free) executado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS). O programa visa compensar ambientalmente, de forma voluntária, as emissões de gases de efeito estufa provenientes das viagens aéreas dos turistas que visitam Manaus durante a Copa. Também participaram da reunião representantes da Seplan e da Semmas.