Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

FCecon realiza mais de 320 mil procedimentos em quatro meses

A instituição pública é referência no tratamento de câncer no Amazonas; o aumentado de sua capacidade de atendimento se deve à ampliação de setores primordiais ao tratamento de seus pacientes

FCecon fica localizada no Dom Pedro, zona Centro-oeste de Manaus

FCecon fica localizada no Dom Pedro, zona Centro-oeste de Manaus (Divulgação/ Assessoria)

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) realizou entre janeiro e abril deste ano cerca de 324 mil procedimentos, entre ambulatoriais e hospitalares. O número é 12,1% superior a igual período do ano passado, quando foram contabilizados 289 mil procedimentos.

Conforme dados do relatório quadrimestral emitido pelo Departamento de Estatística da FCecon, foram cerca de 81 mil procedimentos mensais. Do total registrado pela instituição, considerada referência no tratamento do câncer em toda a Amazônia Ocidental, 317,2 mil foram ambulatoriais e 6,7 mil, hospitalares.

No mesmo período foram realizadas 920 cirurgias oncológicas, uma média de 230 ao mês. O número representa um aumento de 50,6% se comparado à média quadrimestral do ano anterior (611).

Segundo o relatório, do total de cirurgias, 782 foram classificadas como internas – que incluem as de grande porte e cujos pacientes necessitaram de internação para recuperação -, uma média de 196 ao mês. As 138 restantes foram cirurgias de pequeno porte, correspondendo a 35 procedimentos mensais.

De acordo com o diretor-presidente da FCecon, pneumologista Edson de Oliveira Andrade, o hospital tem aumentado sua capacidade, com a ampliação de setores primordiais ao tratamento de seus pacientes, a exemplo do que ocorreu no ano passado. À época, os Serviços de Quimioterapia e Radioterapia foram otimizados a partir da contratação de novos funcionários. O Centro Cirúrgico da FCecon também passou por ampliação.

Segundo Andrade, a expectativa é que ainda este ano, a oferta de um dos principais tratamentos de combate ao câncer, o radioterápico, dê um salto de 100%, a partir da instalação de um acelerador linear, equipamento de ponta adquirido pelo Governo do Estado, que passará a funcionar em alguns meses, com a conclusão das obras da Casamata – espaço com estrutura reforçada que abrigará o aparelho. As obras seguem em ritmo acelerado, conforme o diretor-presidente. Além dele, um equipamento similar será destinado ao Amazonas pelo Governo Federal, em data a ser definida, ampliando ainda mais o Serviço.

“É uma determinação do Governo do Estado que o serviço seja ampliado o mais rápido possível, garantindo assim que mais pessoas possam passar por esse tipo de tratamento, uma vez que a FCecon recebe não somente pacientes do Amazonas, mas também de estados e países vizinhos. Essa demanda externa representa cerca de 20% dos atendimentos”, destacou.

Edson Andrade também assegurou que a instituição contabilizou, entre 2013 e 2014, um aumento no número de leitos, possibilitando a internação de maior número de pacientes que necessitam de assistência especializada.

*Com informações da assessoria