Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Fapeam lança programa de capacitação na área de tecnologia da informação

Serão investidos R$ 2,5 milhões na forma de auxílio pesquisa e na concessão de bolsas para o desenvolvimento de duas turmas de mestrado e doutorado fora de Manaus

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) tornou pública a chamada para o Programa de Interiorização e Ampliação da Capacidade de Pesquisa em Tecnologia da Informação na Amazônia Ocidental (RH-TI) – Capacitação/Amazônia, que investirá R$ 2,5 milhões na forma de auxílio pesquisa e na concessão de bolsas para o desenvolvimento de duas turmas de mestrado e doutorado fora da sede.

Os recursos fazem parte de um acordo de cooperação financeira firmado entre a FAP e a Agência Brasileira de Inovação (Finep).

 

Os valores são destinados para uma turma para atendimento do Acre e Rondônia e outra para Roraima, além de quatro cursos de nivelamento para preparar os alunos para ingressarem nos programas de Pós-Graduação nas áreas relacionadas à tecnologia da informação.

 

Do total de recursos disponibilizados, R$ 380 mil serão destinados à realização dos quatro cursos de nivelamento (R$ 95 mil para cada), que devem ser ministrados nas cidades de Boa Vista (RR), Itacoatiara (AM), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

 

De acordo com a Chamada Pública 002/2014, disponível no Portal da Fapeam, a submissão de propostas no SIGFAPEAM pode ser feita até o dia 16 de abril e a entrega da documentação deve ser feita até às 13h do dia 17 de abril. A divulgação dos resultados será feita a partir de maio e a implementação dos benefícios a partir de junho deste ano.

 

 

Benefícios

Para os cursos de nivelamento, serão concedidas seis bolsas por curso para os docentes. Serão destinados ainda R$ 52,5 mil por curso, sendo R$ 32,5 mil para custeio (despesas com passagens, diárias e material de consumo) e R$ 20 mil como recursos de capital para aquisição de equipamentos.

Para as turmas fora da sede, serão ofertadas uma bolsa para coordenador, com duração de 24 meses, sete bolsas para docentes por três meses (para cada turma), 23 bolsas de mestrado e seis bolsas de doutorado destinadas a alunos da Amazônia Ocidental. Serão destinados também R$ 490 mil para as duas turmas, sendo R$ 370 mil para as despesas de custeio (passagens, diárias, material de consumo e despesas de serviços de terceiros – pessoa jurídica) e R$ 120 mil como recursos de capital para aquisição de equipamentos.

Os cursos estarão sob a responsabilidade das instituições promotoras, que responderão pela promoção, coordenação acadêmica e garantia do padrão de qualidade do curso de nivelamento e das turmas de mestrado e doutorado, e receptora, que é a instituição onde serão promovidas as atividades relativas ao desenvolvimento das turmas fora da sede.

*Com informações da assessoria