Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Omar Aziz é o governador mais bem avaliado do Brasil, revela pesquisa Ibope

Percentual dos que consideram gestão como ‘ótima’ ou ‘boa’ é de 74%; pior avaliação ficou com Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte: apenas 7%

Governado Omar Aziz ao votar na manhã deste domingo (28)

Pesquisa ouviu 15.414 eleitores em 727 municípios, de todos os estados do país, e é a primeira a avaliar todos os governadores do Brasil (Odair Leal/A Crítica)

A gestão do governador Omar Aziz (PSD) é a mais bem avaliada em todo o país, segundo pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (13). O percentual de eleitores que consideram o seu governo como “ótimo” ou “bom” é de 74%.

A pesquisa é a primeira a avaliar todos os governadores brasileiros. Foram ouvidos 15.414 eleitores em 727 municípios, de todos os estados do país, entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) é o segundo colocado, com um índice de avaliação como “ótimo” ou “bom” de 58%. O governo considerado como o pior do país é o de Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, que tem apenas 7% de avaliação positiva. Um pouco acima está o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, com 9%.

Confira o ranking dos governadores do Brasil segundo a avaliação dos eleitores:

Amazonas
Avaliação positiva: 74%
Aprovação pessoal: 84%

Pernambuco
Avaliação positiva: 58% em novembro ante 58% em setembro
Aprovação pessoal: 76% em novembro ante 76% em setembro

Acre
Avaliação positiva: 55%
Aprovação pessoal: 70%

Mato Grosso do Sul
Avaliação positiva: 49%
Aprovação pessoal: 66%

Minas Gerais
Avaliação positiva: 49% em novembro ante 36% em setembro
Aprovação pessoal: 63% em novembro ante 50% em setembro

Espírito Santo
Avaliação positiva: 49% em novembro ante 29% em setembro
Aprovação pessoal: 63% em novembro ante 47% em setembro

Paraná
Avaliação positiva: 45% em novembro ante 41% em setembro
Aprovação pessoal: 54% em novembro ante 52% em setembro

Paraíba
Avaliação positiva: 39%
Aprovação pessoal: 54%

Santa Catarina
Avaliação positiva: 38% em novembro ante 30% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 49% em setembro

Ceará
Avaliação positiva: 38% em novembro ante 40% em setembro
Aprovação pessoal: 52% em novembro ante 54% em setembro

Rondônia
Avaliação positiva: 35%
Aprovação pessoal: 52%

Rio Grande do Sul
Avaliação positiva: 34% em novembro ante 25% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 46% em setembro

Piauí
Avaliação positiva: 32%
Aprovação pessoal: 47%

São Paulo
Avaliação positiva: 31% em novembro ante 26% em setembro
Aprovação pessoal: 41% em novembro ante 40% em setembro

Maranhão
Avaliação positiva: 29%
Aprovação pessoal: 45%

Goiás
Avaliação positiva: 29% em novembro ante 21% em setembro
Aprovação pessoal: 48% em novembro ante 34% em setembro

Sergipe
Avaliação positiva: 27%
Aprovação pessoal: 46%

Roraima
Avaliação positiva: 26%
Aprovação pessoal: 31%

Bahia
Avaliação positiva: 26% em novembro ante 28% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 45% em setembro

Tocantins
Avaliação positiva: 25%
Aprovação pessoal: 34%

Alagoas
Avaliação positiva: 24%
Aprovação pessoal: 35%

Mato Grosso
Avaliação positiva: 23%
Aprovação pessoal: 37%

Pará
Avaliação positiva: 22%
Aprovação pessoal: 39%

Rio de Janeiro
Avaliação positiva: 18% em novembro ante 12% em setembro
Aprovação pessoal: 32% em novembro ante 29% em setembro

Amapá
Avaliação positiva: 18%
Aprovação pessoal: 26%

Distrito Federal
Avaliação positiva: 9%
Aprovação pessoal: 16%

Rio Grande do Norte
Avaliação positiva: 7%
Aprovação pessoal: 13%


A gestão do governador Omar Aziz (PSD) é a maisbem avaliada em todo o país, segundo pesquisa Ibope encomendada pelaConfederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (13). Opercentual de eleitores que consideram o seu governo como “ótimo” ou “bom” é de74%.

A pesquisa é a primeira a avaliar todos osgovernadores brasileiros. Foram ouvidos 15.414 eleitores em 727 municípios, detodos os estados do país, entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro. Amargem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB)é o segundo colocado, com um índice de avaliação como “ótimo” ou “bom” de 58%.O governo considerado como o pior do país é o de Rosalba Ciarlini, do RioGrande do Norte, que tem apenas 7% de avaliação positiva. Um pouco acima está ogovernador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, com 9%.

Confira o rankingdos governadores do Brasil segundo a avaliação dos eleitores:

Amazonas
Avaliação positiva: 74%
Aprovação pessoal: 84%

Pernambuco
Avaliação positiva: 58% em novembro ante 58% em setembro
Aprovação pessoal: 76% em novembro ante 76% em setembro

Acre
Avaliação positiva: 55%
Aprovação pessoal: 70%

Mato Grosso do Sul
Avaliação positiva: 49%
Aprovação pessoal: 66%

Minas Gerais
Avaliação positiva: 49% em novembro ante 36% em setembro
Aprovação pessoal: 63% em novembro ante 50% em setembro

Espírito Santo
Avaliação positiva: 49% em novembro ante 29% em setembro
Aprovação pessoal: 63% em novembro ante 47% em setembro

Paraná
Avaliação positiva: 45% em novembro ante 41% em setembro
Aprovação pessoal: 54% em novembro ante 52% em setembro

Paraíba
Avaliação positiva: 39%
Aprovação pessoal: 54%

Santa Catarina
Avaliação positiva: 38% em novembro ante 30% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 49% em setembro

Ceará
Avaliação positiva: 38% em novembro ante 40% em setembro
Aprovação pessoal: 52% em novembro ante 54% em setembro

Rondônia
Avaliação positiva: 35%
Aprovação pessoal: 52%

Rio Grande do Sul
Avaliação positiva: 34% em novembro ante 25% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 46% em setembro

Piauí
Avaliação positiva: 32%
Aprovação pessoal: 47%

São Paulo
Avaliação positiva: 31% em novembro ante 26% em setembro
Aprovação pessoal: 41% em novembro ante 40% em setembro

Maranhão
Avaliação positiva: 29%
Aprovação pessoal: 45%

Goiás
Avaliação positiva: 29% em novembro ante 21% em setembro
Aprovação pessoal: 48% em novembro ante 34% em setembro

Sergipe
Avaliação positiva: 27%
Aprovação pessoal: 46%

Roraima
Avaliação positiva: 26%
Aprovação pessoal: 31%

Bahia
Avaliação positiva: 26% em novembro ante 28% em setembro
Aprovação pessoal: 50% em novembro ante 45% em setembro

Tocantins
Avaliação positiva: 25%
Aprovação pessoal: 34%

Alagoas
Avaliação positiva: 24%
Aprovação pessoal: 35%

Mato Grosso
Avaliação positiva: 23%
Aprovação pessoal: 37%

Pará
Avaliação positiva: 22%
Aprovação pessoal: 39%

Rio de Janeiro
Avaliação positiva: 18% em novembro ante 12% em setembro
Aprovação pessoal: 32% em novembro ante 29% em setembro

Amapá
Avaliação positiva: 18%
Aprovação pessoal: 26%

Distrito Federal
Avaliação positiva: 9%
Aprovação pessoal: 16%

Rio Grande do Norte
Avaliação positiva: 7%
Aprovação pessoal: 13%