Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem que abastecia ‘bocas de fumo’ e faria ‘arrastão’ no Careiro Castanho é preso; comparsa fugiu

A polícia recebeu denúncia de que dois homens armados em uma moto estariam visitando pontos de venda de droga e abastecendo os locais e, sem seguida, roubariam casas e estabelecimentos

Renato dos Santos Marques, 27, foi preso durante perseguição

Renato dos Santos Marques, 27, foi preso durante perseguição (Divulgação)

Renato dos Santos Marques, 27, foi preso nesta terça-feira (24), no município do Careiro Castanho (a 25 quilômetros de Manaus) por tráfico de drogas. O parceiro dele, Jefferson Rhuan Barros de Lima, 20, conseguiu fugir e está sendo procurado. Segundo a polícia, a dupla estava abastecendo pontos de venda de drogas no Centro do município e prometia fazer um arrastão na localidade.

Conforme investigadores do 34º Distrito Integrado de Polícia (DIP), uma denúncia chegou aos ouvidos da polícia de que dois homens armados estariam visitando as “bocas de fumo” do Centro para abasteça-las com drogas e que prometiam roubar casas e estabelecimentos por onde passassem. O denunciante informou à polícia o número da placa da moto onde a dupla estava.

A partir daí, o policial Coutinho, chefe de polícia no 34º DIP, iniciou uma busca pelas ruas do Centro e encontrou dois homens sobre uma moto com identificação igual à informada na denúncia, uma modelo Titan de cor preta e placas OAK-1985. No momento em que avistaram a viatura, Renato e Jefferson dispararam em fuga e iniciou uma perseguição.

Em certo momento da perseguição, segundo o policial Coutinho, a viatura acabou atingindo a motocicleta, batendo em um poste de energia e assim dupla teve tempo para fugir novamente. O investigador teria dado ré no veículo e continuado atrás dos homens pelas ruas do Centro, até que os suspeitos abandonaram a moto num matagal e fugiram a pé, um para cada lado, dentro do mato.

O policial Coutinho seguiu atrás de um deles e conseguiu prender o piloto da moto, Renato Marques, que estava com pequena quantidade de drogas e foi autuado por tráfico de entorpecentes. O comparsa, Jefferson, fugiu levando uma arma de fogo e está sendo procurado. No início do ano, Renato já havia sido preso pelo mesmo crime durante a operação “Ouriço”.