Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem é assassinado dentro de táxi no bairro Cachoeirinha, na Zona Centro-Sul de Manaus

A vítima portava um documento com autorização de saída de penitenciária, onde cumpria pena no regime semiaberto. O crime pode ter sido motivado por uma briga ocorrida numa casa de forró minutos antes de iniciarem a corrida

Homem é morto dentro de táxi no bairro Cachoeirinha.

Homem é morto dentro de táxi no bairro Cachoeirinha. (Divulgação/Patrulha da Cidade)

Carlos Magno Américo Barbosa, 24 anos, foi encontrado morto, no início desta quinta-feira (21), dentro de um táxi entre as ruas Maués e Silves do bairro Cachoeirinha, na Zona Centro-Sul de Manaus. O crime ocorreu logo após a vítima sair em companhia de três pessoas de uma boate que fica atrás da Penitenciária Raimundo Vidal Pessoa, na avenida Sete de Setembro, no Centro. De acordo com relatos do taxista, o homem comentava sobre uma briga acontecida no local momentos antes.

O crime aconteceu por volta das 4h30 desta quinta-feira, quando a vítima - acompanhada de um outro homem e duas mulheres - deixou a casa de shows Forró Ideal, localizada na avenida Manaus Moderna, na área central da capital, e em seguida entrou em um táxi. Todos entraram no veículo e Carlos Magno pediu que o motorista se dirigesse ao bairro Mutirão, na Zona Leste da capital.

Segundo o taxista, Zilmar Fernandes de Araújo, 22 anos, durante o trajeto, um carro modelo Corsa, de cor prata e placas não identificadas, começou a segui-lo. Na altura da Rua Maués com a Silves, o veículo prateado o trancou e um passageiro saiu armado com uma pistola PT-40 e começou a atirar em direção à vítima. Carlos Magno foi alvejado seis vezes em diversas partes do corpo, falecendo no local.

Desaparecimento

No momento do crime, os outros três passageiros fugiram e desapareceram do local em poucos minutos. Mesmo muito abalado com a situação, o condutor do táxi relatou que os passageiros comentavam sobre uma briga ocorrida no interior da casa de forró, antes de iniciarem a corrida. A vítima, que era preso do regime semiaberto, foi encontrada com um alvará de liberação da penitenciária.

O corpo do homem foi levado pelos agentes do Instituto Médico Legal (IML) para ser periciado. O caso está sendo investigado por policiais da Delegacia Especializada em Homícidios e Sequestros (DEHS).