Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Idoso é preso suspeito de molestar criança de três anos enquanto a mãe cozinhava

De acordo com a mãe da vítima, o suspeito aproveitou o momento em que ela foi fazer comida na própria casa do agressor, no cômodo ao lado de onde o crime supostamente aconteceu. O denunciado nega, mas já foi encaminhado para a Cadeia Pública

Casos foram registrados na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca)

Casos foram registrados na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) (Winnetou Almeida)

Um homem de 66 anos foi preso na tarde desta segunda-feira (18), no conjunto Viver Melhor, bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus, após policiais receberem denúncia de que ele teria molestado uma menina de três anos de idade. O crime supostamente ocorreu na residência do acusado, que é vizinho da vítima, enquanto a mãe da criança havia deixado ela sozinha com o suspeito para preparar o almoço.

Segundo os relatos da mãe da vítima, por volta de 14h, a mulher teria ido na casa do acusado procurando algo para almoçar. O suposto agressor teria lhe dito que a única coisa que havia na geladeira para preparar eram ovos e que, se ela quisesse, poderia se dirigir a cozinha para cozinhá-los.

A mãe da criança então deixou sua filha sentada no sofá da sala do homem e foi preparar a comida. Passados alguns minutos, a mulher ouviu o grito da filha e logo em seguida o suspeito do crime veio ao seu encontro dizendo para ela ir ver o que havia ocorrido com a menina.

Quando a mulher chegou na sala, a criança não estava mais no sofá e sim no quarto do acusado. Segundo consta nos laudos policiais, no momento do ocorrido, a criança não lhe relatou nada e ela continou a preparar o alimento. Somente ao chegar em casa foi que a criança falou o que havia acontecido e contou que o homem teria a molestado.

De acordo com a mãe da menina, ela a examinou e percebeu que as partes íntimas da criança estavam avermelhadas e resolveu, então, denunciar o vizinho pelo abuso à sua filha.

Preso preventivamente

Depois de ouvir o depoimento da menina, a delegada da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), Linda Gláucia, resolveu prender provisoriamente o homem. Policiais da 26ª Compannhia Interativa Comunitária (Cicom) se deslocaram para o local e recolheram o suspeito.

Na chegada à delegacia, o suspeito negou a acusação. No entanto, o idoso foi enquadrado no artigo 217 do Código Penal, que cita abuso de vulnerável. A delegada titular levou em conta a clareza de detalhes do depoimento da vítima na decisão de recolher o acusado.

A criança foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo de delito, para confirmar a agressão. O suspeito já foi encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.