Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Indígena continua desaparecido desde que embarcação prestando serviço a Funai naufragou, no AM

A voadeira naufragou com duas pessoas a bordo por volta das 18h40 do último domingo (2), mas apenas nesta terça-feira a Marinha do Brasil divulgou o incidente, ocorrido às margens da comunidade São Sebastião, no Norte do Amazonas. As buscas continuam entre 7h e 18h

Paisagem do município de São Gabriel da Cachoeira, no Alto Rio Negro, com a montanha "A Bela Adormecida" ao fundo

Paisagem do município de São Gabriel da Cachoeira, no Alto Rio Negro, com a montanha "A Bela Adormecida" ao fundo (Clóvis Miranda)

Um indígena continua desaparecido desde que o barco em que estava naufragou no último domingo (2), nas proximidades da comunidade São Sebastião, no município amazonense de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus). A informação foi divulgada apenas nesta terça-feira (4), pela Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN).

A embarcação do tipo voadeira, que prestava serviço à Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e estava com duas pessoas a bordo, naufragou por volta das 18h40. Apenas uma pessoa, que não teve sua identidade revelada, foi encontrada até o momento.

As buscas estão sendo realizadas pela equipe de Inspeção Naval do Destacamento da Marinha do Brasil, em São Gabriel da Cachoeira, com o apoio de uma Embarcação de Transporte de Topa (ETT) do Exército Brasileiro. 
 
Pela falta de visibilidade, que compromete a segurança da navegação, as buscas encerram-se às 18h e são reiniciadas às 7h do dia seguinte. 

Um Inquérito Administrativo sobre Fatos da Navegação será aberto pela Marinha a fim de apurar as causas e responsabilidades pelo acidente. 
 
A Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) ressalta os principais cuidados para a segurança da navegação e divulga o "Disk Segurança da Navegação" (0800 280 7200) e o "Disk Socorro de Salvamento" (185), que funcionam 24 horas diariamente. 
 
Principais cuidados para uma navegação segura nos rios da Amazônia Ocidental: 

1. Faça a manutenção preventiva e correta da sua embarcação; 

2. Tenha a bordo o material de salvatagem prescrito pela Capitania; 

3. Respeite a lotação da embarcação e tenha a bordo coletes para todos; 

4. Mantenha os extintores de incêndio em bom estado e dentro da validade; 

5. Mantenha seus equipamentos de comunicação sempre funcionando; 

6. Conduza a embarcação com prudência e dentro dos limites de velocidade; 

7. Não conduza a embarcação alcoolizado; 

8. Mantenha distância das margens, praias e de banhistas; 

9. Respeite a vida, preste socorro; e 

10. Não polua. 

*Com informações da assessoria de imprensa do Com9ºDN