Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Infraero registra 150 voos atrasados em todo o país no primeiro sábado da Operação Fim de Ano

Segundo divulgou a Anac, 315 servidores trabalharão em turnos para cobrir os períodos de maior movimento e de grande fluxo de passageiros. A nota da agência informa que, em Brasília, Guarulhos (SP) e no Galeão(RJ), a fiscalização será feita 24 horas

Avião maior

Avião maior (Divulgação)

No início do primeiro fim de semana da Operação Fim de Ano anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fiscalizar as empresas aéreas e evitar atrasos nos aeroportos, a Infraero registrou, até 17h, 150 voos (9,1 %)atrasados em todos o país, dos 1.642 voos previstos. De acordo com levantamento feito pela Infraero, 46 voos (2,8%) foram cancelados, e 15 estão atrasados.

Segundo divulgou a Anac, 315 servidores trabalharão em turnos para cobrir os períodos de maior movimento e de grande fluxo de passageiros. A nota da agência informa que, em Brasília, Guarulhos (SP) e no Galeão(RJ), a fiscalização será feita 24 horas.

Os três aeroportos paulistas que vão entrar na intensificação da fiscalização por parte da Anac tiveram hoje (14), até as 16h, cancelamentos e atrasos de voos acima do normal. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, três voos foram cancelados e cinco tiveram atrasos (de um total de 129 voos programados).

No aeroporto de Guarulhos, foram registrados 27 atrasos e um cancelamento (de um total de 169 voos programados). Em Campinas, no aeroporto de Viracopos, houve um cancelamento e seis atrasos (do total de 97 voos programados).

Em Brasília, dos 107 voos previstos, 18 estão atrasados (16,8%), e três (2,8%) foram cancelados. A reportagem da Agência Brasil não identificou fiscais da Anac de plantão no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. A Agência Brasil tentou contactar o assessor plantonista no número do celular divulgado pelo site da Anac, mas as ligações não foram atendidas.