Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Policiais da Depre desarticulam esquema de drogas no Crespo

Os três suspeitos escondiam as drogas dentro de uma bolsa de bebê e o restante em uma mala para não levar suspeitas da polícia

Eles foram presos com mais de três quilos de drogas e R$ 4.070, além de outros objetos

Eles foram presos com mais de três quilos de drogas e R$ 4.070, além de outros objetos (Bruna Souza)

Três suspeitos de comandar o tráfico de drogas na área do bairro Crespo, na Zona Sul de Manaus, foram apresentados na manhã desta sexta-feira (31) na sede da Delegacia Especializada em Proteção e Repressão a Entorpecentes (Depre). Eles foram presos com mais de três quilos de drogas e pouco mais de R$ 4 mil, além de outros objetos que usuários trocavam por drogas na boca de fumo.

Jayden Marialva de Carvalho, 22, o “Nego”, Álvaro Augusto Sena de Souza, 26, e Alex Trindade Montanha, 18, estavam em um residência localizada na rua Carlos Dias. Segundo o delegado adjunto da Depre, Samir Freire, as prisões aconteceram após uma denúncia anônima para o telefone 181 da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que resultou em três meses de investigação.

“Vínhamos observando o local e foi possível verificar a movimentação do tráfico na residência onde os três foram presos. O 'Nego' foi flagrado entregando um pacote de maconha prensada para o comparsa, além de utilizar uma motocicleta para entregar os entorpecentes para traficantes da área. Essas provas foram suficientes, além das apreensões, para confirmar o envolvimento dos três no mundo do crime”, declarou.

Com eles foram apreendidos 2,5 kgs de maconha prensada, 500 gramas de cocaína em pedra, R$ 4.070 em espécie, cinco celulares, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas, uma TV LCD de 50 polegadas, uma guilhotina utilizada para cortar os tabletes de drogas, potes de fermento e outros objetos que eram trocados por trouxinhas na boca de fumo, entre eles relógios.

A polícia apreendeu, ainda, uma motocicleta Honda preta, de placa OAD-0075.

Os investigadores informaram que as drogas estavam escondidas dentro de uma bolsa de bebê e o restante em uma mala para não levantar suspeitas da polícia. Os agentes encontraram o revólver enrolado em um edredom.

Equipe de investigação ativa

As equipes de investigação da Depre, Atila II e Coruja, tiveram resultados positivos no primeiro mês de 2014 e quebraram o recorde de prisões e inquéritos registrados pela especializada em crimes de envolvimento com o tráfico de drogas na capital amazonense.

Em janeiro foram registrados 23 flagrantes, que resultaram num total de 42 pessoas presas.