Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Bando armado tenta invadir delegacia para libertar presos em Iranduba

Entre 10 e 15 homens encapuzados e armados atiraram contra um dos investigadores, que conseguiu se esconder e revidar os tiros. O bando fugiu do local e deixou duas armas de fogo

O suspeito foi levado ao 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Iranduba

O 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Iranduba, funciona como unidade prisional e tem 33 presos cumprindo pena (Winnetou Almeida)

Em uma ação ousada, bandidos tentaram invadir na madrugada desta sexta-feira (11) o 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP) no município de Iranduba – localizado na região metropolitana de Manaus – para resgatar presos que pertencem a quadrilha do traficante conhecido como “Sandro”.

O bando com dez a quinze homens chegou à delegacia armados e encapuzados e atiraram contra um investigador que estava de plantão. Os tiros atingiram o orelhão localizado ao lado da delegacia, que também atua como unidade prisional do município, e o muro. O servidor conseguiu se esconder atrás de uma viatura policial e reagiu a tiros. Os suspeitos, que estavam sem proteção, fugiram do local.

Na fuga, os homens deixaram cair no chão duas escopetas, sendo uma de calibre 20 e outra de calibre 12, máscaras de proteção e sandálias.

De acordo com um dos policiais, que preferiu não se identificar, o investigador estava na frente da delegacia quando percebeu a ação dos bandidos. “Eles já chegaram falando que iam matar o investigador e atiraram, mas ele conseguiu se esconder e revidar os tiros. Eles estavam a cerca de dez metros e fugiram do local”, disse.

A equipe de investigação, com apoio de outros policiais civis, vai realizar uma operação ainda nesta sexta-feira para prender os suspeitos. O suposto traficante “Sandro” comanda o tráfico de drogas no bairro Cidade Nova e seria o mandante da ação audaciosa. Ele teria espalhado um boato no município, de que não vai desistir até que os seus comparsas presos estejam livres.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas (PCAM), o contingente policial foi reforçado e a polícia verifica a possibilidade de transferência dos presos, que pertencem ao bando de “Sandro”, para unidades prisionais de Manaus. Trinta e três pessoas estão presas na delegacia e nesta manhã os policiais ouvem sete pessoas sobre a tentativa de invasão.