Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Escolas de idiomas investem no inglês, espanhol e italiano

Com a definição dos jogos da Copa em Manaus, escolas de idiomas apostam numa corrida ainda maior, a partir de agora, ao cursos de inglês, espanhol e também italiano

Wizard aposta em caneta que ajuda aluno a pronunciar palavras. Já Mauro Vieira, o Icbeu, diz que público deixa tudo para última hora

Wizard aposta em caneta que ajuda aluno a pronunciar palavras. Já Mauro Vieira, o Icbeu, diz que público deixa tudo para última hora (Winettou Almeida )

As escolas de idiomas de Manaus esperam que a procura por cursos de línguas estrangeiras aumente consideravelmente no primeiro semestre do próximo ano. O grande “motor” desta expectativa é a definição das seleções que vão jogar em Manaus durante a Copa do Mundo de 2014.

O fato de a capital amazonense receber as equipes dos dois principais países de língua inglesa do mundo - Estados Unidos e Inglaterra - durante a Copa, deve ampliar ainda mais o público interessado em aprender a “língua universal”. O Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu) trabalha há pelo menos três anos em um curso voltado de capacitação visando a Copa do Mundo chamado “anytime”.

O objetivo é fazer uma abordagem específica do inglês, principalmente para o setor de serviços. “É um curso acelerado, que voltado para situações de atendendimento. São termos que vão ser úteis a recepcionista, ao taxista... Este curso é bastante procurado e basta ter dez alunos para a gente formar uma nova turma”, explicou o gestor educacional do Icbeu, Mauro Vieira.

O Icbeu também promoveu oficinas gratuitas para o ensino de inglês nos últimos anos. No último semestre, porém, por falta de interessados, a oficina foi cancelada. “É incrível como as pessoas deixam a coisa para a última hora. Não houve demanda para nossa oficina gratuita. Vamos oferecê-la novamente em fevereiro de 2014. A pessoa que participa, sai de lá ao menos com uma noção básica do idioma”, frisou Mauro.

Além do inglês, a Skill idiomas trabalha com duas línguas que também estarão entre as seleções e torcedores que virão a Manaus, em junho de 2014: o espanhol e o italiano. Daniel Sandoval, professor na unidade do Centro, acredita que a procura por outros idiomas além do inglês, também deve crescer. “No inglês a gente talvez não sinta um impacto grande, pois não temos ‘cursos rápidos’. Agora para outros idiomas, deve haver uma procura maior sim, mesmo que seja para uma comunicação básica. Aqui na Skill o aluno monta sua carga horária”, destacou.

Wizard tem estratégias

Com a proposta de ensinar 2014 “frases prontas” em inglês em três meses de curso, a Wizard aposta no crescimento do seu projeto “Brasil bilingue 2014”. As situações ensinadas no curso são voltadas para conversa, atendimentos e outros serviços básicos. Os alunos que não estiverem visando apenas a Copa do Mundo, também tem a opção do curso de inglês tradicional na escola, que tem duração de quatro anos.

Neste formato, o aluno trabalha fala, escrita e audição com maior tempo. E ainda conta com o auxílio da caneta Wizpen em seu material didático. Quando é passada sobre os textos do livro, a caneta que possui alto falantes integrados, “fala” o verbete, ajudando na memorização da pronúncia. A escola também oferece cursos de italiano, espanhol e até de mandarim em suas unidades na capital amazonense.

Destaque

A Skill idiomas está preparando a inauguração de mais uma unidade da escola, no Shopping Ponta Negra.

Saiba mais
O Icbeu trabalhou ativamente na capacitação de membros de secretarias do Governo envolvidas com a Copa do Mundo. Bolsas parciais (onde o aluno pagava o valor simbólico de R$ 50) foram oferecidas. O Governo americano, através de sua embaixada no Brasil, financiou o restante do curso.