Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Fieam inaugura Centro Integrado de Educação em Parintins

A proposta do Centro é elevar a qualidade de ensino voltado à empregabilidade e a competitividade na indústria

Antônio Silva com o governador Omar Aziz e´o vice-governador José Melo, além do arcebispo Giuliano Frigenni na inauguração

Antônio Silva com o governador Omar Aziz e´o vice-governador José Melo, além do arcebispo Giuliano Frigenni na inauguração (Euzivaldo Queiroz)

O município de Parintins, a 369 quilômetros de Manaus, ganhou um belo “reforço” para a melhoria na educação básica na cidade e a qualificação de mão de obra na “Ilha”. Ontem, a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) inaugurou o Centro Integrado de Educação SESI SENAI Padre Francisco Luppino. Os dois prédios do complexo ficam na Estrada Paranapanema em uma área de 16 mil metros quadrados. A área construída é de 1.709 metros quadrados destinados à infraestrutura do SESI, e 1.266 metros² para o SENAI. O local ainda conta com um ginásio poliesportivo com mais de 1.200m².

No ano que vem, serão oferecidas 400 vagas no SESI, para alunos de educação básica do 1º ao 5º ano. A unidade terá 12 salas de aulas, uma sala de informática, biblioteca e ludoteca, além das áreas para docentes, atendimento médico, esporte, e de convivência. A instituição oferecerá também aulas de informática, empreendedorismo e robótica. Em 2015, a escola deve abranger todo o ensino fundamental.

Já no novo complexo do SENAI, serão abertas 1.300 vagas em cursos profissionalizantes em áreas como confeiteiro, pizzaiolo, cortador industrial, costureiro, eletricista, instalador hidráulico, mecânico, pintor, soldador, pedreiro, carpinteiro, informática. O SENAI já desenvolve trabalhos na terra dos bois Garantido e Caprichoso há 16 anos.

Segundo o presidente da FIEAM, Antonio Silva, o investimento é um presente de natal para Parintins. “Não há crescimento industrial e econômico sem investimento na educação. Estamos implantando um modelo de sucesso, que tem mais de 60 anos de atuação no Brasil aqui em Parintins. A melhoria de da qualidade de vida das pessoas, passa pela qualificação. E nossa intenção é aproveitar toda esta mão de obra aqui mesmo em Parintins”, destacou. A FIEAM investiu cerca de R$ 10 milhões na construção do complexo.

Balanço industrial

O Polo Industrial de Manaus (PIM) deverá fechar o ano com um faturamento de cerca de US$ 39 bilhões, o que representará um crescimento de aproximadamente 4% em comparação a 2012. A previsão foi feita no sábado (21), pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, no tradicional encontro de fim de ano com a imprensa amazonense, no Clube do Trabalhador do Amazonas.

Para o empresário, o Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 2,4% em 2013, e não mais que 2,1% em 2014. Ainda assim, ele prevê que o Brasil conseguirá um crescimento mais consistente no ano que vem, resultado das concessões na área de infraestrutura, o que deve acelerar os investimentos no País.