Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Produção de veículos do Brasil cresce 2,9% em janeiro

A produção somou 237,5 mil veículos, queda de 18,7 por cento sobre o volume recorde para o mês definido em janeiro do ano passado

Fontes do setor afirmaram mais cedo nesta semana que as vendas de janeiro foram impulsionadas em grande parte por estoque de veículos  com o incentivo do IPI

Fontes do setor afirmaram mais cedo nesta semana que as vendas de janeiro foram impulsionadas em grande parte por estoque de veículos com o incentivo do IPI (Arquivo AC)

A indústria brasileira de veículos teve alta de 2,9 por cento na produção em janeiro sobre dezembro e apurou queda de 11,7 por cento nas vendas na mesma comparação, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela associação que representa o setor.

Segundo dados da Anfavea, a produção somou 237,5 mil veículos, queda de 18,7 por cento sobre o volume recorde para o mês definido em janeiro do ano passado. Já as vendas foram de 312,6 mil unidades, crescimento de 0,4 por cento sobre o dado de um ano atrás que também havia sido o maior para o mês.

O segmento de automóveis e comerciais leves apresentou queda de 20 por cento na produção de janeiro em relação ao mesmo período do ano passado, para 221,18 mil unidades. Já caminhões teve alta de 9,3 por cento e ônibus apresentaram recuo de 16,8 por cento.

Fontes do setor afirmaram mais cedo nesta semana que as vendas de janeiro foram impulsionadas em grande parte por estoque de veículos produzidos sob o benefício do desconto do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que começou a ser novamente elevado pelo governo no início do ano. O setor terminou o ano passado com estoque de 353,4 mil veículos.

No início de janeiro, a Anfavea divulgou previsão de crescimento nas vendas de veículos este ano de 1,1 por cento, para 3,81 milhões de unidades. Para a produção, a estimativa é crescimento de 0,7 por cento, a 3,765 milhões de veículos.

As exportações de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus somaram 25,78 mil unidades em janeiro, 28,9 por cento abaixo do despachado ao exterior um ano antes. Em termos financeiros, as vendas externas de autoveículos somaram 673 milhões de dólares, valor 18 por cento menor que o faturado em janeiro de 2013.

Incluindo máquinas agrícolas, as exportações brasileiras de veículos em janeiro caíram 13 por cento na comparação anual, para 886,2 milhões de dólares.

A Fiat encerrou janeiro com vendas de 63.049 automóveis e comerciais leves após 70.618 unidades vendidas um ano antes. A Volkswagen apurou licenciamentos de 56.133 unidades, após 61.359 no mesmo período de 2013, enquanto a General Motors registrou 53.892 emplacamentos, após 53.033 na comparação anual.

Em caminhões, a MAN, do grupo Volkswagen, teve licenciamentos de 2.847 unidades, após 3.507 em janeiro do ano passado. Mercedes-Benz teve emplacamentos de 2.632 unidades e foi seguida por Volvo, com 1.495 caminhões emplacados em janeiro.