Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Programa de Atividades Motoras da Ufam abre inscrições nesta segunda-feira, 27 de janeiro

De 27 a 31 de janeiro, das 14h às 17h, no auditório da FEFF, mini campus, situado no setor Sul da Instituição, os monitores do projeto vão receber os responsáveis pelos candidatos e os próprios candidatos ao programa, a fim de que eles sejam avaliados

Programa de Atividades Motoras da Ufam abre inscrições

Programa de Atividades Motoras da Ufam abre inscrições (EUZIVALDO QUEIROZ)

A Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (FEFF) da UFAM abre período de inscrições para o Programa de Atividades Motoras voltado a Deficientes (Proamde), que tem como objetivo desenvolver as potencialidades de pessoas com limitações físicas, a qualquer idade, por meio de atividades desportivas.

De 27 a 31 de janeiro, das 14h às 17h, no auditório da FEFF, mini campus, situado no setor Sul da Instituição, os monitores do projeto vão receber os responsáveis pelos candidatos e os próprios candidatos ao programa, a fim de que eles sejam avaliados.

No ato da inscrição, devem ser apresentados os seguintes documentos: uma foto 3X4, cópia do laudo médico sobre a deficiência do futuro aluno, cópia da carteira de identidade, cópia do cadastro de pessoa física, ou registro de nascimento, cópia do comprovante de residência.

Atividades

 No cronograma de atividades desenvolvidas pelo Proamde estão desde natação, dança em cadeira de rodas, até mesmo Halliwick, uma técnica criada e orientada para exercícios dentro da água.

Segundo a responsável pelo programa, professora Minerva Amorim, as atividades desenvolvidas são necessárias para que os participantes possam ter autonomia ou maior autonomia de suas ações, conforme vão aprendendo a lidar com a condição física obtida desde o nascimento ou adquirida.

“Além do acompanhamento físico, os familiares também recebem orientação psicológica”, explicou.


*Com informações de assessoria de imprensa.