Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sucatas de aviões da Varig vão a leilão em Manaus

Todas as aeronaves já têm laudo de perecimento da Agência Nacional de Avião Civil (Anac), o que impede até mesmo o reaproveitamento das peças

Sucatas que sobraram dos aviões da Varig no aeroporto internacional Eduardo Gomes serão leiladas em Manaus

Sucatas que sobraram dos aviões da Varig no aeroporto internacional Eduardo Gomes serão leiladas em Manaus (Euzivaldo Queiroz)

Sucatas que sobraram dos aviões da Varig no aeroporto internacional Eduardo Gomes serão leiladas em pouco tempo. “Depois de acabarmos com os aviões da Varig no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, o próximo alvo será o aeroporto de Manaus”, afirmou o juiz Marlos Melek, presidente da Comissão Executiva do programa Espaço Livre e juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ).

Nesta quinta-feira (28) no Rio de Janeiro, o CNJ levou a leilão, no auditório da Corregedoria de Justiça, sete Boings da antiga Varig. Destes, cinco estão estacionados no aeroporto Galeão, no pátio concessionado da TAP M&E Brasil, causando transtornos às atividades da empresa no local. Os outros dois estão no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre,  e um deles, um 737-200, foi leiloado inteiro para preservar a memória da empresa.

Todas as aeronaves já têm laudo de perecimento da Agência Nacional de Avião Civil (Anac), o que impede até mesmo o reaproveitamento das peças.

O leilão é resultado do programa Espaço Livre - Aeroportos, da CNJ, que busca remover dos aeroportos os aviões que estejam vinculados às massas falidas de empresas aéreas ou que tiverem sido apreendidos em processos criminais, principalmente por tráfico de drogas.

A antiga Varig até bem recentemente era a principal companhia brasileira, dominando o mercado nacional e com presença no internacional.