Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Aplicativos ajudam a deixar as contas na ponta dos dedos

Aplicativos auxiliam nas finanças e facilitam o controle de gastos no cotidiano

Aplicativos auxiliam nas finanças e facilitam o controle de gastos no cotidiano

Aplicativos auxiliam nas finanças e facilitam o controle de gastos no cotidiano (Euzivaldo Queiroz)

Nem todas as pessoas possuem facilidade em organizar as finanças e controlar os gastos. Mas já existem vários aplicativos para smartphones que ajudam a contornar este problema de maneira simples e prática, na palma da mão. Eles ajudam a organizar investimentos, controlar despesas, pagar contas e até auxiliar na economia de fundos para a realização de um sonho.

Foi graças a um desses apps que a vida da Anne Caroline Almeida mudou para melhor. A profissional de relações públicas, de 27 anos, sempre foi desorganizada financeiramente e começou a sentir necessidade de ajuda quando ficou grávida. “Antes eu não me importava muito com isso, porque morava com meus pais e sempre tive a segurança deles serem o ‘plano B’. Então casei, e a necessidade de organização gritou na  minha cara”, conta a RP que já passou por situações preocupantes antes de recorrer aos aplicativos. “Já tive que pagar o salário de um mês inteiro só para quitar o cartão de crédito”, revela.

Assim que percebeu que precisava de auxílio, Anne começou a baixar vários apps para tentar reverter o problema e admite que demorou até se adaptar a um. “Baixei vários, mas a maioria não funcionava bem trabalhando em reais. Até que achei o ‘Minhas Economias’. Esse tem uma interface simples, intuitiva, e o gerenciamento pela web também facilita muito o planejamento. Tem até um recurso pra você planejar sonhos".

O app escolhido por Anne é gratuito e está disponível para iOS e Android. Ele permite controlar os gastos, montar orçamentos, gerenciar as contas de diversos bancos, cartões de crédito, entre outras funções. “Ainda estou iniciando, logo ainda tenho dúvidas, mas sempre me encontro na página deles (www.minhaseconomias.com.br)”.

Evitando dívidas

Uma das fases mais difíceis para administrar o dinheiro é exatamente a citada por Anne, quando os jovens começam a assumir mais responsabilidade financeira do que estavam acostumados. Para segurar “a barra” sem cair em nenhuma dívida, a blogueira Marcela Pinheiro, de 24 anos, também recorreu ao uso dos apps.

“Procurei para monitorar as despesas mesmo, saber direitinho com o que gasto mais. Sempre procurei administrar direitinho e até agora ainda não passei por nenhum perrengue”, comenta.

Ao contrário de Anne, Marcela ainda não conseguiu encontrar o app “cara-metade”, e faz uso de vários para auxiliar nas contas. “Como existem muitas opções, confesso que ainda fico em dúvida e não escolhi um definitivo. No momento, estou usando bastante o ‘MoneyCare’. Gosto dele pela interface intuitiva, design bacana e a possibilidade de criar várias contas, como: dinheiro, débito, crédito, etc.  E na hora de adicionar a despesa, escolho também a categoria dela: alimentação, transporte, lazer e etc. Me ajuda a controlar qual categoria gastei mais no mês por exemplo, ele me dá vários relatórios com diferentes estatísticas”.

Segundo Marcela, demora um pouco para a pessoa se acostumar a registrar todos os gastos e usar corretamente o app, mas o esforço e a disciplina valem a pena. “Com os relatórios e as despesas bem definidas consigo me planejar pra comprar algo mais caro ou fazer viagens. E ainda fico de olho na categoria que mais gastei no mês e tento me controlar no mês seguinte”.

A revista Você S/A fez uma seleção dos aplicativos mais bem avaliados pelos usuários para quem tem vontade de cuidar melhor do dinheiro mas não se dá bem com o Excel. Há programas disponíveis para as principais plataformas móveis: IOS, sistema que opera em iPhone e iPad, e Android, para a maioria dos outros smartphones.

Money Wise

Possibilita a criação de várias contas, é protegido por senha e exibe resumos e gráficos diários, semanais e mensais conforme sua necessidade. Permite a exportação de dados para planilha de Excel ou HTML para impressão e backup em cartão SD. O próprio usuário pode ainda criar tags e filtros ou renomear as categorias existentes.

Idioma: Português

Preço: gratuito

Nota dos usuários: 4 / 5

Finanças Pessoais

Permite identificar receitas e despesas e, a partir daí, calcula o saldo mensal. Pode ser configurado para enviar e-mail avisando sobre o vencimento de contas. Há a opção de apresentar um calendário mensal com todos os seus gastos ou um relatório em forma de planilha. Há ferramentas de importação e exportação de dados.

Idiomas: Português e inglês

Preço: gratuito (básico) / R$ 13,74 (pro)

Nota dos usuários: 4 / 5

An Money e Budget

Além das funcionalidades anteriores, o programa opera com diversas moedas, o que é interessante para quem faz viagens internacionais. Além disso, exporta relatórios em diversos formatos, como HTML, PDF e CSV (arquivo de planilha, similar ao Excel), tem opções de backup automático e senhas de segurança.

Idiomas: português e inglês

Preço: gratuito (básico) / US$ 9,99 (pro)

Nota dos usuários: 4,5 / 5

Minhas Economias

O aplicativo é um braço do site, o gerenciador financeiro Minhas Economias. Nele, o usuário pode cadastrar despesas, receitas e transferências, programar transações, lançar parcelamentos e cadastrar lembretes para pagamentos. Dá para gerenciar contas de diversos bancos, cartões de crédito, investimentos e financiamentos.

Idioma: português

Preço: gratuito

Nota dos usuários: 4,5 /5