Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Alfredo apoiará José Melo e Hissa marchará com Eduardo Braga nas eleições de 2014 no AM

Tanto o senador Alfredo Nascimento como o vice-prefeito de Manaus Hissa Abrahão vão disputar a eleição de 2014 como candidatos a deputado federal

Senador Alfredo Nascimento (à esquerda) tentará conquistar uma cadeira na Câmara de Deputados. Vice-prefeito de Manaus Hissa Abrahão desistiu da candidatura a governador

Senador Alfredo Nascimento (à esquerda) tentará conquistar uma cadeira na Câmara de Deputados. Vice-prefeito de Manaus Hissa Abrahão desistiu da candidatura a governador (Marcos Oliveira: Agência Senado)

Candidatos a governador em 2010, o senador Alfredo Nascimento (PR) e o vice-prefeito de Manaus Hissa Abrahão (PPS) vão disputar a eleição deste ano como candidatos a deputado federal. Adversário de Omar Aziz (PSD) e José Melo (Pros) nas eleições daquele ano, Alfredo Nascimento vai apoiar a candidatura do atual governador e não concorrerá à reeleição. A informação foi confirmada ontem pela assessoria do senador. Já Hissa Abrahão caminha para ingressar na campanha ao governo capitaneada pelo senador Eduardo Braga (PMDB).

Os sinais de que o senador marcharia ao lado de José Melo começaram a surgir nos últimos meses, quando Alfredo participou de eventos no interior do Estado ao lado do governador. No dia 19 de maio, Alfredo foi nomeado porta voz do governador no Senado.

Sem a visibilidade proporcionada pelo Ministério dos Transportes, pasta que comandou nos governos de Lula e Dilma, Alfredo Nascimento decidiu não se arriscar na corrida pela reeleição a senador. Em 2006, quando se elegeu derrotando o então titular do posto, Gilberto Mestrinho, já falecido, Alfredo contava com o prestígio do cargo de ministro e com o apoio de Lula, que estava com a popularidade elevada. Na chapa em que vai ingressar, a candidatura a senador foi a primeira a ser definida, com o nome do ex-governador Omar Aziz.

O ingresso de Alfredo Nascimento na chapa de José Melo também ocorre em um contexto em que a aliança nacional entre o PR, presidido nacionalmente pelo senador, e o governo da presidente Dilma Rousseff é testada. Ontem, pressionada pela sigla, a petista trocou o ministro dos Transportes – pasta ocupada pelo PR, após o partido deixar à disposição o cargo por considerar que César Borges não representa a sigla. Alas do partido ameaçaram apoiar o presidenciável tucano Aécio Neves.

A chapa capitaneada por José Melo conta com o principal partido opositor ao governo Dilma, o PSDB. Essa semana, os partidos dos dois postulantes a cargos majoritários (o Pros de Melo e o PSD de Omar) anunciaram apoio à reeleição de Dilma. No Amazonas, as duas siglas caminham para fazer palanque para Aécio, considerando que o prefeito Artur Neto, principal liderança tucana no Estado, condicionou o seu apoio para a disputa a governador ao apoio da candidatura a Aécio Neves. “Quem quiser me ver no ringue de verdade vai ter que apoiar o Aécio Neves”, declarou o tucano há um mês, na convenção do DEM.

O anúncio da entrada do PR na chapa de Melo vai ser feito amanhã, às 9h, no Buffet Styllus, na Avenida Brasil, na Compensa, Zona Oeste. Na solenidade, será apresentada a coligação para a disputa dos cargos de deputado estadual (PR, PSD, PTdoB, PSL e PRP). A coligação para deputado federal ainda estava em discussão ontem e também deve ser apresentada.