Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seduc terá novo concurso em 2013

Governo cria 9,6 mil cargos na secretaria e deve convocar cadastro de reserva do último concurso. De acordo com Omar Aziz, um novo concurso é necessário

Aprovados no concurso da Sepror

Último concurso, realizado em maio de 2011, ofereceu 7.703 vagas (Acervo)

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) deve realizar novo concurso público em 2013, além de convocar quem integra o cadastro de reserva da última seleção, ocorrida em maio de 2011. O certame depende da aprovação pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) do projeto de lei nº 269/2012 encaminhado anteontem pelo Governo do Estado, que cria 9.637 cargos para professores e merendeiros e dá outras providências.

De acordo com o governador Omar Aziz, um novo concurso na Seduc é necessário para atender à expansão da rede estadual de ensino, que avança com a construção de novas escolas de tempo integral e de escolas convencionais na capital e no interior. Somente em Manaus, devem ser construídas 11 escolas até a metade do ano que vem. Entre elas está o Centro Educação de Tempo Integral (Ceti) do conjunto Viver Melhor, na Zona Norte, em fase de licitação, e um outro Ceti em frente à Reserva Duque, também na Zona Norte, previsto para inaugurar no início do ano que vem. Nos próximos dias também deve iniciar a construção de um Ceti em Iranduba, Região Metropolitana de Manaus (RMM).

O secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, esclarece que as novas vagas criadas pelo Governo do Estado vão permitir a substituição dos servidores temporários por concursados, ao mesmo tempo em que atenderão ao plano de expansão da rede até 2016. Segundo ele, os preparativos para o novo concurso iniciam tão logo a ALE aprove a criação dos cargos.

Gratificação

Na mesma ocasião, também foram encaminhadas outras seis mensagens governamentais. Uma delas (projeto de lei 268/2012) altera o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) dos médicos da Secretaria Estadual de Saúde (Susam), criando a gratificação de curso, sendo 25% para curso de especialização, 30% para mestrado e 35% para doutorado.