Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ministério do Turismo avalia obras da Copa em Manaus e Salvador

Contratos somam R$ 22,1 milhões em infraestrutura de acessibilidade, sinalização, construção e reforma de centros de atendimento ao turista. No Amazonas, foram discutidos contratos no valor global de R$ 8,6 milhões

Contratos no valor global de R$ 8,6 milhões financiam obras de acessibilidade e de sinalização em pontos turísticos como a Arena da Amazônia

Contratos no valor global de R$ 8,6 milhões financiam obras de acessibilidade e de sinalização em pontos turísticos como a Arena da Amazônia (Bruno Kelly)

Manaus e Salvador foram as primeiras cidades-sede a participarem de videoconferência promovida pelo Ministério do Turismo para avaliar a situação das obras para a Copa do Mundo de 2014.  A rodada de negociações com os órgãos estaduais e municipais das doze sedes do mundial, que executam 39 obras da matriz de responsabilidades do mundial, começou na última segunda-feira (17).

Com os representantes do Amazonas foram discutidos contratos no valor global de R$ 8,6 milhões. Os recursos financiam obras de acessibilidade e de sinalização nos principais atrativos turísticos de Manaus, incluindo o Teatro Amazonas, o Porto de Manaus e a Arena da Amazônia.

Já com a equipe de Salvador foram avaliadas obras orçadas em R$ 13,5 milhões. Entre elas, a de implantação de 35 módulos portáteis de informações turísticas e projetos de acessibilidade a ícones do turismo baiano como o Farol da Barra, Praça Castro Alves e o Estádio Fonte Nova, reconstruído para sediar jogos do mundial de futebol. Os recursos liberados pelo Ministério do Turismo vão propiciar também a sinalização de atrativos localizados a orla da Baia de Todos os Santos, nos bairros da Barra e Itapoã e no Pelourinho.

As reuniões são realizadas em datas diferentes com integrantes dos estados e dos municípios que têm contratos com o MTur. Por isso, haverá nova reunião com representantes da Bahia e do Amazonas, já que na segunda-feira, o encontro foi com dirigentes de Salvador e de Manaus que também realizam obras para a Copa do Mundo.

Contratos 

No total, são 39 contratos de repasse pactuados pelo Ministério do Turismo com as 12 cidades-sede que somam investimentos de R$ 180 milhões. Foram contempladas principalmente obras de acessibilidade, sinalização turística e reforma e construção de centros de atendimento ao turista. O objetivo das reuniões é obter um diagnóstico da situação das obras de modo a estipular um cronograma final de entregas. 

As videoconferências acontecem até o dia 25 de março e contam com a presença de equipes da Caixa Econômica Federal, responsável pela gestão dos contratos.