Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mudanças no trânsito de Manaus para a ‘Marcha para Jesus’ neste sábado (2)

Manaustrans promove grande operação nas vias por onde a caminhada vai passar. Mais de 100 agentes foram mobilizados desde as primeiras de hoje. São esperados mais de 1 milhão de fiéis na edição deste ano


Manaustrans altera o trânsito de Manaus na Marcha para Jesus.

Manaustrans altera o trânsito de Manaus na Marcha para Jesus. (Evandro Seixas)

O evento religioso “Marcha para Jesus”, será realizado neste sábado (2), a partir das 14h, e vai provocar alteração no trânsito, com interdição de vias e desvios de itinerário. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) moveu 101 agentes para fazer o controle do tráfego e trazer segurança aos fiéis e mobilidade ao condutor durante todo o transcorrer da caminhada.

Desde as primeiras horas desta manhã, a rua Japurá, no trecho entre as ruas Comendador Clementino e Joaquim Nabuco, no Centro, foi interditada para a concentração de fiéis. A partir das 13h, a interdição irá se estender até a rua Ferreira Pena. Também serão fechadas para o trânsito de veículos a rua Tapajós, no percurso entre as ruas Tarumã e Japurá, e rua Silva Ramos, na extensão entre as ruas Japurá e Tarumã.

O deslocamento dos fiéis terá início às 14h. Trios elétricos e participantes vão percorrer as seguintes vias: Japurá, Joaquim Nabuco, Silva Ramos, Djalma Batista (no sentido Centro/bairro), Pedro Teixeira até chegar ao Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo). Depois que toda a Marcha passar pela avenida Ayrão, em direção à Djalma, a circulação de veículos será liberada na avenida Silva Ramos.

Confira as alterações no trânsito

Os veículos que trafegam na Artur Bernardes, vindos da Zona Oeste, poderão ser desviados para a Constantino Nery. Os veículos que percorrerem pela rua João Valério oriundos do Aleixo terão sua rota alterada para a direita, na Rio Javari.

Os carros que transitarem no bairro Vieiralves, na Zona Centro-Sul de Manaus – vias próximas às ruas Acre e Rio Branco -  não poderão acessar a avenida Djalma Batista, e seguem pela rua Maceió em direção ao Centro, ou bairros.

Quando o início da Marcha atingir as proximidades do Conjunto Eldorado, na Zona Centro-Sul da capital, o sentido bairro/Centro da avenida Djalma Batista, entre o Viaduto Ayrton Senna e a saída do Conjunto, será interditado. O fluxo de veículos será desviado para a avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife). O mesmo será feito na avenida Torquato Tapajós com desvio para o Viaduto de Flores, seguindo pela Mário Ypiranga.

O trânsito da rua Lóris Cordovil (estrada dos Franceses) no sentido bairro/Centro será desviado para a Constantino Nery no percurso Centro/bairro. O retorno será feito próximo à Rodoviária e, posteriormente, seguindo para a Mário Ypiranga.


Já o fluxo da Pedro Teixeira no sentido bairro/Centro, será alterado à esquerda para a rua Belmiro Vianez, que terá o tráfego invertido, acessando então a rua Lóris Cordovil, à direita.

A avenida Pedro Teixeira permanecerá interditada até o fim da Marcha para Jesus, no Sambódromo. A previsão do Manaustrans é que trânsito seja normalizado por volta das 23h, após dispersão total dos participantes.

Milhares de fiéis

A 21ª edição da Marcha para Jesus em Manaus, pretende reunir, segundo o presidente da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (Omeam), Sadi Caldas, entre 600 mil a um milhão de pessoas. O evento faz parte do calendário oficial do País desde setembro de 2009, quando a Lei Federal 12.025 foi sancionada pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Este ano, com o tema “Unidade de lideranças no Amazonas”, a Marcha, que já se tornou tradição entre as igrejas evangélicas, vai contar com a presença do cantor Fernandinho e bandas locais. A concentração vai começar a partir das 13h. Aos que desejarem, poderão adquirir camisetas alusivas ao evento, explicou o pastor, ao convidar todas as igrejas evangélicas da capital e interior para participarem e levarem convidados.

No ano passado, a Marcha para Jesus reuniu aproximadamente 1 milhão de pessoas durante a caminhada, de acordo com o major da Polícia Militar Alonso Ramos, comandante da operação de segurança do evento.