Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Municípios do Estado aderem ao Selo Unicef

Mobilização é pela melhoria dos direitos das crianças e vai estar presente em todas as cidades do Estado neste ano


Lançamento do Selo Unicef, promovido em 2013

Lançamento do Selo Unicef, promovido em 2013 (Erica Melo)

O Amazonas tem 52 municípios que aderiram ao Selo Unicef Município Aprovado. Estratégia organizada para promover os direitos das crianças e adolescentes da região, o selo é um investimento no desenvolvimento das capacidades dos gestores municipais, atores locais e na mobilização social para melhorar as condições de vida de crianças, adolescentes e das suas famílias, informou Emily Costa, encarregada de acompanhar todos os índices e avaliar os municípios os Estados do Amazonas, Roraima e Rondônia. Aqueles com maiores avanços terão seus esforços reconhecidos em 2016 pelo Selo Unicef Município Aprovado.

O processo até a premiação que acontecerá em três anos de acompanhamento de indicadores quantitativos e qualitativos relativos à garantia dos direitos da criança e do adolescente divididos em três eixos, que são o Impacto Social, Gestão de Políticas Públicas e Mobilização, Participação e Controle Social. Os avanços de cada município serão comparados ao desempenho da média de seu grupo.

Até 30 de junho, os municípios devem realizar uma etapa obrigatória para conquista do Selo, que é o 1º Fórum Comunitário, uma grande reunião da comunidade para diagnosticar os principais problemas que atingem a qualidade de vida de crianças e adolescentes e como é possível a própria comunidade e os gestores encaminhar políticas para resolvê-los. Neste fórun será feito o diagnóstico da situação buscando contemplas os eixos de e impacto social e gestão de políticas públicas, visando avançar em um conjunto de indicadores e ações, que num fórum de encerramento serão analisados para a concessão do selo, disse Emily. 

Adesão

A adesão ao selo é voluntária pelo prefeito, com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMCA), que se comprometem com o programa, o processo de mobilização do município em torno da melhoria dos indicadores, ou seja, tornar prioridade criança e adolescente. Isso implica em acompanhar ações como a redução da distorção idade/série, inclusão de crianças e adolescentes com necessidades especiais e redução da mortalidade de zero até 19 anos, acompanha os indicadores, disse a encarregada, explicando que essas são questões do primeiro eixo.

Dezenas de municípios já estão se organizando para a realização dos fóruns, caso de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus), assim como o Careiro da Várzea (a 29 quilômetros), que realizou o fórum comunitário debaixo de chuva. É que na noite anterior ao evento, que reuniu 200 pessoas, uma enxurrada alagou o local da reunião, o que obrigou a comissão intersetorial a improvisar, mas não adiou a sua realização. No próximo dia 6, o município de Apuí (a 476 quilômetros) também vai fazer uma mobilização.

De acordo com a assessoria, o Unicef dá todo o apoio com materiais para as, discussões que devem ser organizadas a partir dos conselhos municipais do direito da criança do município. O acompanhamento é feito em grupos de três municípios com características e níveis de populações parecidas. Aos mais distantes da capital, há uma atenção maior para o apoio e o entendimento da metodologia.