Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Omar Aziz oficializa apoio a pré-candidatura de José Melo ao Governo do AM nas eleições 2014

Omar (PSD) disse que escolheu apoiar Melo (Pros) “pensando no bem do Amazonas”. Já o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff será pauta de reunião na segunda (19)

apoio candidatura

A divulgação de apoio aconteceu em cerimônia na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, em Manaus (Janaína Andrade)

Em cerimônia realizada no auditório da sede da Federação de Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), na avenida Joaquim Nabuco, Centro de Manaus, na manhã desta sexta-feira (16), o ex-governador Omar Aziz (PSD) tornou oficial o apoio dele à pré-candidatura de José Melo (Pros), atual governador, à reeleição para o cargo de chefe do Executivo Estadual nas eleições de 2014.

Omar, que é presidente regional do PSD, disse que fez essa escolha de apoio à Melo nas eleições 2014 “pensando no bem do Amazonas” e porque fez grandes ações com José Melo quando este foi vice-governador de Aziz na gestão dele. O auditório da Fieam, onde aconteceu a cerimônia, estava lotado, com os 240 assentos ocupados e muita gente em pé.

Estavam presentes na cerimônia os deputados federais Pauderney Avelino (DEM), Silas Câmara (PSD) e Átila Lins (PSD), e os deputados estaduais Josué Neto (PSD) e Sidey Leite (Pros), este último que passou a ser desde quinta (15) o líder do governo na Assembleia Legislativa (ALE-AM), após a saída de Sinésio Campos (PT) posto de líder governista.

Durante a cerimônia, o governador José Melo citou que pretende na próxima segunda (19) se reunir com Dilma Rousseff para conversar sobre o apoio dele à reeleição de Dilma ao cargo de presidente da República pelo PT. O também pré-candidato a governador em 2014 e líder do governo federal no Senado, senador Eduardo Braga, também pretende fazer junta à campanha de reeleição de Dilma.

*Com informações da repórter Janaína Andrade