Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Operário atingido em explosão de refinaria pode ser transferido para RJ nesta segunda-feira (18)

Após acidente que o deixou com 75% do corpo queimado, Antonio Rafael Santana segue em estado grave, mas estável; equipe do HPS 28 de Agosto cogita levá-lo para tratamento na capital carioca

Fachada do Hospital 28 de Agosto, onde Rafael está internado

Fachada do Hospital 28 de Agosto, onde Rafael está internado (Raphael Alves/Arquivo AC)

Dois dias após o acidente quase fatal na Refinaria de Manaus Isaac Sabá (Reman), o estado de saúde do técnico em operações Antonio Rafael Santana continua grave, mas estável. Segundo familiares, a equipe do Hospital Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, para onde Rafael foi levado, cogita transferi-lo para um hospital no Rio de Janeiro, a fim de que ele possa receber maiores cuidados.

A assessoria do hospital não confirma a informação, mas um parente do operário informou que, ainda pela manhã, uma UTI móvel foi acionada, e médicos vão avaliar se ele tem condições de ser removido. Rafael foi atingido por uma explosão ao tentar ligar a ignição de um carro na noite de sábado (16), dentro da Reman. Ele iria fazer uma ronda no local, e teve 75% do corpo atingido pela combustão.

A explosão pode ter acontecido após um vazamento de gás no veículo. Entretanto, a Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras), responsável pela refinaria, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Até o momento, a empresa limitou-se a informar que vem prestando assistência a Antonio Rafael, e que a explosão não causou danos ambientais. 

No hospital, Rafael foi submetido a uma limpeza cirúrgica para retirada de resíduos da pele. Segundo colegas de trabalho, o funcionário da Reman já havia perdido a visão e um dos braços dele teria sido amputado, mas a informação não foi confirmada pela direção do HPS 28 de Agosto. Um boletim médico sobre o estado de saúde de Rafael deve ser divulgado às 15h desta segunda-feira (18).

A refinaria Reman tem um histórico de acidentes fatais graves envolvendo trabalhadores. Em dezembro de 2013, uma explosão feriu três operadores da empresa de uma só vez.  Em setembro de 2010, a técnica de operação, Renata Benigno foi vítima de um grave acidente na refinaria e morreu após 10 dias de internação.