Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

PSL ‘fecha’ com José Melo e base de apoio do governador já engloba seis partidos

Partido do deputado estadual Toni Medeiros realizou, nesta sexta (20), evento para anunciar a adesão à campanha do governador pela reeleição

Governador José Melo, o deputado estadual Toni Medeiros, o ex-governador Omar Aziz e o deputado Silas Câmara

Governador José Melo, o deputado estadual Toni Medeiros, o ex-governador Omar Aziz e o deputado Silas Câmara (Arquivo AC)

A pré-candidatura à reeleição do governador José Melo recebeu nesta sexta (20) a adesão de mais uma legenda: o Partido Social Liberal (PSL), do deputado estadual Tony Medeiros, que no Estado possui 5.542 filiados. Além do PSL, Melo já recebeu o apoio de mais cinco partidos – Pros, PSD, DEM, PRP, PSC. O evento ocorreu às 10h no auditório do hotel Caesar Businesss, localizado na avenida Darcy Vargas, bairro Chapada.

O presidente estadual do PSL, deputado Tony Medeiros, reconheceu que o quadro de parlamentares do partido é pequeno (13 vereadores em todo o estado e apenas ele de deputado estadual), mas enfatizou que o mais importante neste momento é tomar uma decisão.

“E a decisão do diretório estadual foi justamente a de caminhar com o professor José Melo no apoio à sua candidatura à reeleição. O meu apoio, individual, veio bem na frente, como deputado estadual que vem acompanhando o governador nas suas viagens pelo interior, e vejo que ele tem uma olhar diferenciado para os municípios do Amazonas, e também busca alternativas de desenvolvimento econômico para o nosso estado. E nós precisamos ter um desenvolvimento igualitário entre capital e interior”, disse Medeiros.

Após o evento, ao ser questionado sobre o anúncio do apoio do PSDB do prefeito Artur Neto à sua candidatura, o governador disse que o prefeito Artur Neto é muito importante para a campanha. “Ele e eu temos compromissos fundamentais com a cidade de Manaus, a chamada ação conjunta. Há uma convergência de ideias e há uma convergência de compromissos com o povo da cidade de Manaus. Amanhã (hoje) o que vamos celebrar é isto aí. O prefeito Artur com todo seu prestígio e toda a sua estrutura vem somar a nós nessa convergência de ideias”, disse Melo.

No início da semana, o prefeito, ao falar dos ingressos da Copa dados a secretário e vereadores, declarou que a Ponte do Rio Negro e a Arena da Amazônia foram superfaturadas. Ontem, o Melo disse: “Eu nunca ouvi o prefeito dizer isso. O que eu sei é que no governo do Omar (Aziz) e no meu governo houve o reverso disso. Nós fomos ao Tribunal de Contas da União (TCU) e nós reduzimos o valor da obra, então, nós estamos tranquilos em relação a isso, por que nós fomos verdadeiros guardiões com relação ao dinheiro público”.

Aécio cancela viagem a Manaus

Ontem, durante o anúncio do apoio do PSL à reeleição do governador José Melo (Pros), o ex-governador e candidato ao senador, Omar Aziz (PSD), declarou que o presidenciável Aécio Neves (PSDB) cancelou sua viagem a Manaus para este final de semana.

Na quinta-feira, A CRÍTICA noticiou que Aécio Neves estaria na capital amazonense para assistir, no domingo, ao penúltimo jogo da Copa do Mundo na Arena da Amazônia, entre as seleções de Portugal e Estados Unidos.

Omar disse que a informação foi dada a ele e a Melo, na quinta-feira, pelo prefeito Artur Neto (PSDB), na sede do Governo, na Compensa. “Ele é candidato à Presidência da República e nesse momento, faltando uma semana para as convenções partidárias, às vezes a pessoa não dispõe de tempo para vir assistir um jogo, o momento é de articulações. Num momento desse você nem almoça direito, imagina assistir a um jogo de futebol. Cada um tem o seu momento. Ele deve estar trabalhando suas alianças e nós estamos trabalhando as nossas. Isso é normal”, disse o ex-governador, ressaltando que Aécio virá a Manaus em outra data.