Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Menina acusa pipoqueiro de 71 anos de tentar estuprá-la no bairro São Lázaro, em Manaus

A adolescente estava passando pela rua São Jerônimo quando o pipoqueiro a avistou e a puxou pela braço até uma quitinete que seria alugado por ele

Walter Ferreira Chaves, 71, foi preso

Walter Ferreira Chaves, 71, foi preso (Divulgação)

Um pipoqueiro de 71 anos, Walter Ferreira Chaves, foi preso na manhã desta terça (22) após ter sido denunciado por tentar estuprar uma menina de 12 anos, no bairro São Lázaro, na Zona Sul da capital. De acordo com o depoimento da vítima, Walter já vinha tirando “gracinhas” com ela há alguns dias. O caso foi registrado no 7º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Os policiais civis explicaram que a adolescente estava passando pela rua São Jerônimo quando o pipoqueiro a avistou e a puxou pela braço até uma quitinete que seria alugado por ele. Sem ter como reagir, a menina foi levada até a casa e, no local, o suspeito teria conseguido tirar a blusa da vítima e tocar em partes íntimas da menina.

Aos gritos, a jovem chamou a atenção de vizinhos, que acionaram os policiais militares da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Antes de a polícia chegar ao local, a vítima conseguiu se soltar de Walter, correu para a rua e encontrou os policiais. Segundo eles, a moça aparentava estar muito nervosa e foi levada até a delegacia.

Depois de explicar o que havia acontecido, os policiais prenderam o suspeito e o levaram para o DIP. Os policiais explicaram que o pipoqueiro chegou a se identificar como tio da jovem, mas foi desmentido em seguida. Ele também teria dito que só levou a menina até a casa dele porque ela estaria “se oferecendo” para ele.

Entretanto, as versões foram negadas pela adolescente. A menina ressaltou que o pipoqueiro era acostumado a tirar brincadeiras com outras meninas, na frente da escola que estudam, próximo ao local, mas afirmou que nunca deu atenção para o que ele dizia. O pipoqueiro foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e será levado para a cadeia pública de Manaus.