Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Policiais do AM vão à Venezuela prender suspeito de participar de assassinato de delegado

Mário Jorge, o "Mário Tabatinga", entregou o carro Siena ao traficante “João Branco”. O veículo foi utilizado para transportar os assassinos até o local onde o delegado Oscar Cardoso foi baleado 18 vezes

Mário foi preso na cidade de Puerto Ordaz, na Venezuela, onde confessou o crime

Mário foi preso na cidade de Puerto Ordaz, na Venezuela, onde confessou o crime (Divulgação)

Uma equipe de policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) prendeu, na tarde desta terça-feira, mais um suspeito de integrar a trama criminosa que resultou no assassinato do delegado de Polícia Civil Oscar Cardoso Filho, 61, no dia 9 deste mês.

O empresário identificado como Mário Jorge, o "Mário Tabatinga”, foi preso na cidade de Puerto Ordaz na Venezuela. Ele teria confessado ter dado o Gran Siena, de cor branca e placas OAB-7782, para o traficante João Pinto Carioca, o “João Branco”, assassinar o delegado.

Segundo a polícia, Mário Tabatinga é sócio do comerciante Arlindo Jorge Teles Macedo, o “Macêdo”, que foi preso na semana passada durante a operação Hórus, na locadora Macêdo Veículos Ltda, no bairro Praça 14, Zona Sul. Tabatinga pegou o carro na locadora e o guardou em casa, no conjunto Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul, de onde só tirou no dia do crime.

O Siena OAB-7782 está registrado no Detran-AM em nome de H. Brandão, empresa da mãe do Comandante de Policiamento do Interior (CPI) da Polícia Militar, coronel Marcos Brandão. Mas, segundo as investigações, o veículo estava no pátio da locadora.

A polícia tem informações que Mário Tabatinga e Macêdo fazem parte de um esquema de lavagem de dinheiro do tráfico com compra e venda de veículos. Eles também forneceriam carros aos integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN) para transportar drogas, fazer assaltos e crimes de pistolagem.

Mário Tabatinga foi preso pela equipe de investigadores comandada pelo delegado Paulo Martins, que na última segunda (24) viajou à Boa Vista (RO) para buscar o traficante Ronairon Moreira Negreiros, preso no aeroporto da cidade tentando embarcar em um vôo com destino a Fortaleza (CE) usando documentos falsificados.

'João Branco'

A morte do delegado Oscar Cardoso, segundo a polícia, possui a participação de diversas pessoas, inclusive da sobrinha da vítima, a estudante de Direito Karine Cristine, que foi presa em Santarém (PA). O suspeito de ser o mandante do crime é o traficante "João Branco", que teria ordenado o traficante Fábio Diego Matos de Oliveira, 27, "Piu Piu", matar Oscar, por vingança. "João Branco" e "Piu Piu" estão foragidos.