Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após acidente, prefeito em exercício Hissa Abrahão decreta luto oficial em Manaus

O prefeito em exercício, Hissa Abrahão, decretou luto oficial por três dias em Manaus por conta do grave acidente que deixou pelo menos 14 mortos na noite desta sexta-feira (28); a caçamba envolvida no acidente prestava serviços à prefeitura

Colisão entre caçamba e microônibus em Manaus

O acidente entre um caminhão caçamba e um micro-ônibus deixou pelo menos 14 vítimas e 20 sobreviventes (Clovis Miranda)

Manaus está oficialmente de luto oficial por três dias em respeito às vítimas do grave acidente ocorrido na noite desta sexta-feira (28), na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul da capital. O prefeito em exercício, Hissa Abrahão, decretou o luto oficial.

O prefeito Artur Neto estava na cidade de São Paulo embarcando em vôo para a Suíça e, por conta do acidente, cancelou o compromisso para retornar a Manaus. Em entrevista à Rádio Jovem Pan ainda nesta noite, Artur Neto lamentou o trágico acidente e pediu prudência no trânsito.

“Que esse sacrifício não seja em vão, que aprendamos a ter atos civilizados no trânsito. É preciso ter respeito com nossas vidas no trânsito. É hora de acabar com isso. Que a minha cidade, Manaus, mude significativamente a maneira de se comportar no trânsito”, disse.

Ainda durante a entrevista à Rádio Jovem Pan, o prefeito determinou atendimento e assistência às famílias das vítimas através da Defesa Civil e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh). A identificação dessas pessoas já foi determinada também.

Artur Neto também prometeu que a Prefeitura de Manaus irá custear todos os gatos com funerárias e velório das vítimas fatais.

Seminf

Testemunhas disseram que o caminhão caçamba envolvido no acidente tinha um adesivo com a logomarca da Prefeitura de Manaus, e que esse adesivo fora retirado do veículo. O secretário da Seminf, Luiz Borges, foi ao local do acidente e confirmou que o caminhão prestava serviços à secretaria.